Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 22º

Primeiro-ministro pede ajuda a emigrantes para aumentar trocas comerciais

O primeiro-ministro pediu hoje ajuda aos emigrantes portugueses na Suíça para que ajudem a estreitar as relações económicas entre os dois países, reiterando o apelo para que mantenham "a chama viva" da ligação a Portugal.

Primeiro-ministro pede ajuda a emigrantes para aumentar trocas comerciais
Notícias ao Minuto

18:36 - 11/06/24 por Lusa

País 10 de Junho

Num encontro com a comunidade portuguesa em Genebra, num teatro completamente cheio, Luís Montenegro salientou que muitos dos portugueses emigrantes nesta região são "pessoas muito qualificadas" em várias áreas de atividade.

"O que vos peço é que ajudem o Governo e as instituições portuguesas a ter ainda mais oportunidades para podermos exportar bens e serviços para este país e para podermos acolher em Portugal turistas e investimentos financiados por empresas e investidores que possam contribuir para o nosso desenvolvimento", disse.

Tal como tinha feito no primeiro ponto da deslocação conjunta com o Presidente da República à Suíça, Montenegro aproveitou este "momento de encontro da família portuguesa" para repetir um apelo.

"Desejo que mantenham a chama viva da vossa ligação a Portugal, nunca percam a esperança de voltar a estar connosco, seja em momento de lazer e férias, seja para tornarem a fazer o dia-a-dia nos nossos territórios, junto dos vossos amigos e famílias", apelou.

O chefe do Governo aplaudiu a ideia de o Presidente da República conjugar, nas comemorações do Dia de Portugal, o território nacional com uma deslocação ao estrangeiro.

"Pudemos estar, como ontem estivemos em Pedrógão Grande e Coimbra, e hoje aqui estarmos aqui convosco para podermos celebrar a portugalidade, a forma de ser português, a garra portuguesa", saudou.

Montenegro assegurou que o Governo PSD/CDS-PP que lidera desde 02 de abril está ao lado dos emigrantes portugueses e conta, "para os próximos anos", com o seu trabalho e dedicação a Portugal.

"É propósito do Governo ter cada vez mais condições para que os jovens portugueses não tenham de fazer aquilo que muitos aqui fizeram", afirmou.

O encontro com a comunidade portuguesa iniciou-se com os hinos dos dois países -- o de Portugal interpretado por um coro infantil - e foi acompanhado por deputados de todos os partidos com assento parlamentar, à exceção do PAN, que não pôde estar presente.

Também o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, acompanha a primeira deslocação conjunta de Marcelo Rebelo de Sousa e Luís Montenegro ao estrangeiro, bem como os autarcas dos municípios de Pedrógão Grande, Castanheira de Pera e Coimbra, onde se realizou (a par de Figueiró dos Vinhos) a comemoração nacional do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

O encontro terminou com um concerto da fadista Cuca Roseta.

Leia Também: "A Suíça não era a mesma se não houvesse portugueses", destaca Marcelo

Recomendados para si

;
Campo obrigatório