Meteorologia

  • 13 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 25º

60.603 emigrantes portugueses vão votar em candidatos do país onde vivem

Cerca de 60.600 eleitores portugueses a residir no estrangeiro optaram por eleger os eurodeputados dos países onde vivem, e não os portugueses, menos de metade dos que fizeram esta escolha nas anteriores europeias, segundo dados oficiais.

60.603 emigrantes portugueses vão votar em candidatos do país onde vivem
Notícias ao Minuto

14:50 - 29/05/24 por Lusa

País Europeias

Fonte do Ministério da Administração Interna disse hoje à agência Lusa que 60.603 portugueses estão inscritos para votarem nas eleições para o Parlamento Europeu, a 09 de junho, mas nos candidatos dos países onde residem.

Os emigrantes portugueses na União Europeia podem optar entre votar nos candidatos portugueses ao Parlamento Europeu ou nos candidatos dos países onde vivem.

A França é o país onde foi mais significativa a escolha de portugueses por eurodeputados do país residente (36.191), seguindo-se o Luxemburgo (9.857) e a Espanha (6.592).

A mesma fonte indicou que dos 625.404 eleitores portugueses residentes na União Europeia e inscritos para este ato eleitoral, 564.801 vão eleger eurodeputados portugueses.

Nas anteriores europeias, a 26 de maio de 2019, 125.630 emigrantes portugueses optaram por se inscrever no recenseamento para a eleição de eurodeputados do país de residência, a maioria em França, Espanha e no Luxemburgo, de acordo com dados oficiais.

Cerca de 373 milhões de eleitores são chamados a escolher os 720 deputados ao Parlamento Europeu, nas eleições que decorrem nos 27 Estados-membros da União Europeia entre 06 e 09 de junho. Em Portugal, que elege 21 eurodeputados, o escrutínio está marcado para 09 de junho.

Leia Também: "Dia de festa" e "imaturidade". Visita de Zelensky foi tema no debate a 8

Recomendados para si

;
Campo obrigatório