Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 29º

Ucrânia? Portugal e República Dominicana vão a cimeira, anuncia Marcelo

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou hoje que Portugal e República Dominicana estarão representados na cimeira sobre a paz na Ucrânia, a realizar na Suíça, na qual incentivou o seu homólogo dominicano a participar.

Ucrânia? Portugal e República Dominicana vão a cimeira, anuncia Marcelo
Notícias ao Minuto

13:27 - 28/05/24 por Lusa

País Ucrânia

"Eu tive a ocasião e a alegria de ver o Presidente Luis Abinader, Presidente e amigo, aceitar a presença na cimeira de paz na Suíça, que se realiza nos próximos dias 15 e 16 de junho. Lá estaremos, República Dominicana e Portugal, ao lado de muitos outros estados de todo o mundo", declarou Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado, que falava no Palácio de Belém, em Lisboa, no fim de um encontro com o seu homólogo dominicano, Luis Abinader, não especificou quem irá representar Portugal nessa cimeira de alto nível sobre a paz na Ucrânia.

O Presidente da República Dominicana, que falou a seguir, assumiu que o chefe de Estado português estará presente: "Agradeço-lhe também, e aceitei o convite para a reunião de paz que o Presidente Rebelo vai ter na Suíça, a que irá assistir, e a que realmente nos convenceu a assistir".

Luis Abinader, que foi recebido por Marcelo Rebelo de Sousa no início de uma visita oficial a Portugal, referiu que já tinha recebido "o convite do presidente [do Governo espanhol] Sánchez" para participar na cimeira da Suíça.

"Mas, conversando com o Presidente Rebelo, podemos garantir que vamos assistir, porque a situação bélica da guerra da Rússia e Ucrânia vai além da Europa, afeta todo o mundo e vamos ter a presença e representação de muitos dos países da América Central e da América. Estaremos aí a trabalhar, como sempre -- e isso é algo em que coincidimos com o Presidente Rebelo -- na busca da paz", acrescentou.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, no encontro de hoje os dois debateram a situação internacional e falaram "da construção da paz, da paz na Europa, na guerra da Ucrânia", tema em relação ao qual Portugal e República Dominicana têm "a mesma posição, nas Nações Unidas e no plano mundial".

A propósito da colaboração no plano multilateral, o chefe de Estado português afirmou: "Apoiámos a República Dominicana na sua eleição para o Conselho de Segurança em 2019-2020, e esperamos o apoio para 2027-2028".

"Também debatemos a situação dos oceanos, que é uma preocupação comum, e ficou claro o empenho e o interesse do Presidente Abinader de reforçar a colaboração com Portugal em matéria marítima e também de defesa e segurança marítima, envolvendo eventualmente até uma maior cooperação com as Força Aérea Portuguesa e a Armada Portuguesa", adiantou.

Por outro lado, de acordo com Marcelo Rebelo de Sousa, há o entendimento comum de que "se deve aprofundar o acordo celebrado há um ano e meio, em domínios como o digital, a inteligência artificial, a qualificação".

"Na colaboração na modernização administrativa, mas também na colaboração económica e cultural, e cientifica e tecnológica. Temos aí muito caminho para andar", considerou.

O Presidente português descreveu Abinader como "um líder poderoso na América Central, um líder centro-americano, com uma abertura universal, com relações com todos os continentes e as grandes potências do mundo", e salientou que foi recentemente reeleito, "de forma muito clara", neste mês.

Por sua vez, o Presidente dominicano referiu-se ao chefe de Estado português como "mestre", contou que o tem consultado e "as suas recomendações foram sempre muito certeiras" e elogiou "a sua liderança nas cimeiras ibero-americanas e na Europa".

No plano da cooperação bilateral, Abinader disse querer aprender com a experiência portuguesa de transformação digital e modernização administrativa, "áreas em que Portugal tem tido êxito", e que para esse efeito irá hoje visitar a Agência para a Modernização Administrativa (AMA).

Em março de 2023, Marcelo Rebelo de Sousa realizou uma visita oficial à República Dominicana, que assinalou ser a primeira de um Presidente português, antes de participar na 28.ª Cimeira Ibero-Americana.

[Notícia atualizada às 13h55]

Leia Também: Madeira? Marcelo remete posição para representante da República

Recomendados para si

;
Campo obrigatório