Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 29º

Zelensky fará trajetos em "cápsula de segurança" montada pela PSP

Haverá alguns condicionamentos em determinadas artérias de Lisboa, desde a chegada até à partida do presidente da Ucrânia, mas "minimizados" e "limitados no tempo". Não serão é divulgados com antecedência.

Zelensky fará trajetos em "cápsula de segurança" montada pela PSP
Notícias ao Minuto

11:12 - 28/05/24 por Notícias ao Minuto

País Zelensky em Portugal

A vinda do presidente da Ucrânia a Portugal requer por parte das forças de segurança uma operação de grande envergadura e secretismo.

A escassas horas de receber Volodymyr Zelensky, o subintendente da PSP Sérgio Soares esteve na SIC Notícias a explicar como são preparadas estas operações sem, contudo, entrar em pormenores "por questões operacionais e de segurança da própria entidade".

Apesar de estarem já habituados a desenvolver este tipo de operações, esta, devido ao conflito entre a Rússia e a Ucrânia, requer "uma grande articulação das várias forças e serviços de segurança, desde logo para determinação do grau de ameaça à entidade e que vai influenciar todo o decurso da operação de segurança" e que é determinado pelos Serviços de Informação e Segurança.

"A PSP está altamente envolvida nesta operação, desde o primeiro momento em que a alta entidade pisa solo nacional. A partir daí assumimos a responsabilidade dessa segurança pessoal, em coordenação com a segurança da própria entidade, que já obrigou a várias reuniões de preparação", explicou Sérgio Soares, acrescentando que estas foram realizadas "com alguma antecedência", mas, neste caso, com uma "janela temporal que não é a ideal, é a possível".

"Cada operação é distinta. O grau de ameaça é determinado pelo Serviço de Informações e Segurança e a partir desse grau de ameaça estabelecemos todo um planeamento. Esse planeamento depende da pessoa, dos locais que ela vai visitar, do tempo que vai permanecer em território nacional, dos trajetos que irá fazer, o que obriga a um levantamento e reconhecimento, reuniões prévias com várias entidades, verificando os locais a visitar, os trajetos que irá efetuar e para isso envolvemos múltiplas valências da PSP", descreveu o responsável.

"Estamos preparados e prontos para qualquer cenário"

Entre as valências envolvidas estão o Corpo de Segurança Pessoal, responsável pela segurança de altas entidades, o Centro de Inativação de Explosivos e Grupo Cinotécnico, "para buscas de segurança aos locais onde a entidade irá estar", Grupo de Operações Especiais com valência de contra-atiradores e de equipas de reação tática, "tendo em conta o princípio da gestão da incerteza de situações deste género".

"Estamos preparados e prontos para qualquer cenário. Trabalhamos a montante para evitar qualquer incidente, mas estamos prontos a reagir se houver algum incidente de segurança com a entidade", garantiu Sérgio Soares.

A passagem de Zelensky por Lisboa "obriga a uma abertura de itinerário, com desembaraçamento de trânsito de batedores da divisão de trânsito, da forma mais célere possível", numa espécie de "cápsula de segurança".

Haverá alguns condicionamentos em algumas artérias de Lisboa, desde a sua chegada até à sua partida, mas estes não poderão ser divulgados previamente por uma questão de segurança.

Já nos locais onde vai estar, será montado um perímetro de segurança.

A PSP garante ainda que "os incómodos serão limitados no tempo" e durante o trajeto "serão mitigados e minimizados para que a população nem sinta que está cá uma alta entidade".

Leia Também: Zelensky visita hoje Portugal e assina acordo bilateral para dez anos 

Recomendados para si

;
Campo obrigatório