Meteorologia

  • 19 JULHO 2024
Tempo
27º
MIN 19º MÁX 32º

GNR detém 14 pessoas em operação de prevenção criminal no Seixal

A operação, que foi levada a cabo através do Destacamento de Trânsito (DT) de Setúbal, contemplou 425 ações de fiscalização a pessoas e veículos.

GNR detém 14 pessoas em operação de prevenção criminal no Seixal
Notícias ao Minuto

15:23 - 27/05/24 por Notícias ao Minuto

País GNR

A Comando Territorial de Setúbal da Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 14 homens com idades entre os 22 e os 41 anos, no âmbito de uma operação especial de prevenção criminal, no concelho do Seixal, a 26 de maio.

A operação, que foi levada a cabo através do Destacamento de Trânsito (DT) de Setúbal, contemplou 425 ações de fiscalização a pessoas e veículos, tendo resultado na detenção de 14 indivíduos, "nove por condução sob influência do álcool, três por desobediência, um por falta de habilitação legal e um por tráfico de estupefacientes", detalhou aquela polícia, em comunicado enviado às redações.

Foram ainda identificadas duas mulheres por suspeita de furto de metais não preciosos, bem como "elaborados 85 autos de contraordenação no âmbito da legislação rodoviária e um por posse e consumo de estupefacientes".

Além disso, foi possível apreender 58 doses de haxixe e 12 veículos.

De acordo com a GNR, estiveram empenhados "50 militares das diversas valências da Guarda, nomeadamente do dispositivo territorial, trânsito, intervenção e investigação criminal, do Comando Territorial de Setúbal", que contaram "com o reforço de meios da Unidade Nacional de Trânsito (UNT), da Unidade de Controlo Costeiro e Fronteiras (UCCF), do Grupo de Intervenção Cinotécnico (GIC), do Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP) da Unidade de Intervenção (UI) e do Comando Territorial de Santarém".

"Esta operação teve como objetivo principal o reforço da visibilidade em local previamente referenciado, bem como a prevenção e combate à criminalidade, com vista à dissuasão de atividades criminosas, em geral, e ao controlo, deteção e prevenção da prática de ilícitos relacionados com armas, consumo e/ou tráfico de estupefacientes e respeitantes à segurança rodoviária, em particular, com a finalidade de reforçar o sentimento de segurança da população e garantir a segurança rodoviária", adiantou.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Almada.

Leia Também: GNR identifica homem de 47 anos por fogo florestal em Gouveia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório