Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 22º

Utentes da hemodiálise de regresso ao Hospital do Divino Espírito Santo

O Governo dos Açores vai planear o regresso dos doentes da hemodiálise à região, uma vez que o resultado da contra análise à água que abastece a Nefrologia do Hospital do Divino Espírito Santo foi negativo, foi hoje anunciado.

Utentes da hemodiálise de regresso ao Hospital do Divino Espírito Santo
Notícias ao Minuto

20:02 - 21/05/24 por Lusa

País Açores

A secretária regional da Saúde e Segurança Social, que falava aos jornalistas na Horta, ilha do Faial, à margem dos trabalhos parlamentares, referiu que "durante o dia de hoje foi recebida a contra análise relativamente à agua que abastece o serviço de Nefrologia do Hospital do Divino Espírito Santo".

"Estávamos a aguardar esta contra análise para que pudéssemos com segurança planear a retoma destes doentes. Esta contra análise revela que os resultados estão bem", afirmou Mónica Seidi, que ressalvou que agora pode-se "começar a retoma dos utentes que estão deslocados da região".

Sessenta e um utentes transferidos na sequência do incêndio que atingiu o hospital de Ponta Delgada, nos Açores, continuam a receber tratamento no arquipélago madeirense, indicou segunda-feira o serviço de Saúde da região autónoma da Madeira (Sesaram).

"O serviço regional de Saúde informa que os utentes transferidos dos Açores para a Madeira, no início do mês de maio, continuam a receber todos os cuidados necessários", informou, em comunicado, o Sesaram.

De "um total de 61 utentes acolhidos", o Sesaram indica que, neste momento, "estão 27 utentes alojados no Regimento de Guarnição n.º 3, 28 internados no Hospital Dr. Nélio Mendonça (HNM), e seis estão em alojamento próprio".

No âmbito das suas declarações de hoje, Mónica Seidi referiu que a operação de regresso "vai ser montada com segurança e, já durante a tarde de hoje, foram definidas algumas prioridades, que ainda não estão concluídas", sendo que se contará com o apoio da SATA, apontou a governante.

Mónica Seidi apontou que os doentes da hemodiálise não regressarão à ilha de São Miguel todos de uma vez, "mas de forma faseada, retomando com segurança os seus tratamentos no Hospital do Divino Espírito Santo".

A titular da pasta da Saúde disse que o serviço de Nefrologia do hospital já está a trabalhar nas prioridades de regresso dos doentes, sendo que "faria sentido que viessem os da Madeira".

Mas, para além da "distância geográfica, há situações clínicas e sociais que serão tidas em conta", ressalvou.

O serviço de Nefrologia do Hospital do Divino Espírito Santo assegura o tratamento a cerca de 120 doentes de hemodiálise, sendo que destes, de acordo com Mónica Seidi, 55 encontram-se na Madeira, 34 na ilha do Faial e 29 na Terceira.

Leia Também: Fogo em "área técnica" do hospital de Ponta Delgada. Doentes retirados

Recomendados para si

;
Campo obrigatório