Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 22º

ULS de Coimbra avança com plano de telemedicina para o distrito de Leiria

A Unidade Local de Saúde (ULS) de Coimbra vai avançar com um plano de telemedicina para Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, norte do distrito de Leiria, foi hoje divulgado.

ULS de Coimbra avança com plano de telemedicina para o distrito de Leiria
Notícias ao Minuto

18:49 - 21/05/24 por Lusa

País Saúde

"Estivemos a discutir novas estratégias de telemedicina e da utilização da telemedicina (...). Esperamos em 90 dias ter já um plano para o território", afirmou à agência Lusa o presidente do conselho de administração da ULS, Alexandre Lourenço, no final de uma reunião da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL), em Alvaiázere.

Segundo Alexandre Lourenço, na reunião, na qual se debateram os investimentos a nível dos fundos estruturais e a sua implementação nestes concelhos, também foi abordada "a questão de um protocolo de colaboração de incentivos, para atrair médicos para este território".

"É um trabalho que estamos a fazer em conjunto e eu espero que já até ao final do mês consigamos apresentar publicamente este plano de incentivos para atração de médicos", adiantou Alexandre Lourenço.

O presidente da ULS acrescentou que outro dos objetivos passa por "estabelecer parcerias com o setor social que venham a suprir necessidades" identificadas, nomeadamente de médicos de família e "na realização de meios complementares de diagnóstico em proximidade".

Dessa forma, evita-se que "os doentes tenham de se deslocar aos hospitais em Coimbra e possam realizar os seus exames o mais depressa possível e mesmo ter acesso a algumas especialidades médicas o mais próximo possível das suas residências, dando-lhes conforto e permitindo melhor qualidade de cuidados", realçou ainda o responsável da ULS de Coimbra.

"Estamos a adicionar ao que temos planeado, de acesso a médicos de família, de acesso a meios complementares de diagnóstico, novos serviços para a população, nomeadamente acompanhamento de doentes crónicos à distância, através da monitorização de sinais vitais", esclareceu.

Por outro lado, a ULS está também a analisar formas em que os médicos de família nestes concelhos "possam ter acesso a consultas de especialidade" dadas por médicos que estão nos hospitais em Coimbra "e conseguir agendar consultas de teleconsultadoria", evitando a deslocação dos utentes.

Realçando existir um "contacto permanente" e uma "articulação muito boa" com os autarcas, o presidente da ULS de Coimbra reconheceu que o "ponto chave essencial é garantir o acesso a médico de família à população", o que é difícil.

"Mas a verdade é que temos de criar formas de os atrair e reter no território e esta parceria entre a ULS, os serviços de saúde e os autarcas pode trazer muito bons resultados", admitiu.

O presidente da Câmara de Alvaiázere, João Paulo Guerreiro, manifestou satisfação pelo "caminho que se tem vindo a traçar" com a ULS.

"Embora os problemas não tenham sido todos resolvidos, sentimos que estamos no bom caminho e estamos, passo a passo, a ultrapassar as dificuldades que se colocam através de reuniões periódicas, através de muito diálogo, de abertura para ouvir e para implementar soluções", referiu João Paulo Guerreiro.

Em setembro de 2023, a Câmara de Alvaiázere informou que iria avançar com incentivos que podem chegar aos 1.250 euros/mensais para a fixação de médicos de família no concelho, onde uma em cada três pessoas não tinha, então, estes clínicos.

"Os médicos de família são raros de encontrar. (...) Teremos agora um concurso, esperamos que ele seja atrativo e esperamos conseguir depois harmonizar com aquela que é a estratégia da ULS, para que todos possamos ficar com os médicos de família de que necessitamos", acrescentou João Paulo Guerreiro.

A CIMRL integra Alvaiázere, Ansião, Batalha, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Leiria, Marinha Grande, Pedrógão Grande, Pombal e Porto de Mós.

Os concelhos de Batalha, Leiria, Marinha Grande, Pombal e Porto de Mós fazem parte da Unidade Local de Saúde da Região de Leiria.

Leia Também: ULS de Braga denuncia discriminação na transição de carreira

Recomendados para si

;
Campo obrigatório