Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 29º

"A saúde familiar será um dos eixos do nosso programa de emergência"

O primeiro-ministro, Luís Montenegro, anunciou durante o debate quinzenal da passada quarta-feira, na Assembleia da República, que irá apresentar o programa de emergência para a saúde dentro de duas semanas.

"A saúde familiar será um dos eixos do nosso programa de emergência"
Notícias ao Minuto

10:13 - 19/05/24 por Notícias ao Minuto com Lusa

País SNS

A propósito do Dia do Médico de Família, que hoje se assinala, o primeiro-ministro Luís Montenegro escreveu, este domingo, dia 19, que "a saúde familiar será um dos eixos do nosso programa de emergência". 

Numa publicação na rede social X, Montenegro frisou ainda que o Executivo quer "valorizar os profissionais de saúde e com eles dar respostas aos cidadãos".

O primeiro-ministro, Luís Montenegro, anunciou durante o debate quinzenal da passada quarta-feira, na Assembleia da República, que irá apresentar o programa de emergência para a saúde dentro de duas semanas.

Segundo explicou, este plano terá especial incidência na recuperação de cirurgias, na obstetrícia e nas respostas no âmbito da medicina familiar.

"No máximo, dentro de duas semanas, o país vai conhecer o programa de emergência que temos para a saúde. Vai ter incidências na recuperação dos tempos de espera para cirurgias, em particular as mais problemáticas - por exemplo, as oncológicas. Vai ter foco especial na obstetrícia e um plano de resposta de medicina familiar para cerca de 1,5 milhões de portugueses sem médico de família", especificou.

O grupo de 13 pessoas que está a preparar este plano é coordenado pelo antigo presidente do Infarmed Eurico Castro Alves, licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e doutorado em Medicina pelo ICBAS - Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar.

Leia Também: Médicos lamentam falta de investimento na Medicina Geral e Familiar

Recomendados para si

;
Campo obrigatório