Meteorologia

  • 21 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 20º

Homem em liberdade condicional volta a violar mulheres no Centro do país

Crimes ocorreram desta vez na Covilhã e Fundão. Vítimas do mecânico têm entre 16 e 40 anos. Anteriormente, tinha sido condenado pelos crimes de rapto e violação em Sintra.

Homem em liberdade condicional volta a violar mulheres no Centro do país
Notícias ao Minuto

09:45 - 16/05/24 por Notícias ao Minuto

País Violência sexual

Um homem de 36 anos foi detido, na quarta-feira, 15 de maio, por suspeitas de ter violado três mulheres, com idades compreendidas entre os 16 e os 40 anos, na Covilhã e Fundão, entre os meses de janeiro e maio, revelou a Polícia Judiciária (PJ) num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

De acordo com os inspetores, a investigação teve "especial desenvolvimento" após a última violação, de uma jovem de 26 anos, no dia 5 de maio.

A vítima, funcionária de um estabelecimento comercial da Covilhã, foi surpreendida pelo suspeito, manietada e introduzida à força dentro de um carro, conduzido pelo agora detido, no momento em que se deslocava a pé no seu percurso habitual entre casa e o trabalho.

Após o rapto, foi transportada para dois locais distintos, onde foi violentamente submetida a práticas sexuais "de grande relevo", das quais resultaram graves danos físicos e psicológicos.

Depois de consumar os crimes, o suspeito libertou a vítima na mesma zona onde tinha sido raptada, cerca de uma hora antes.

A mulher procurou imediatamente ajuda, acabando por receber assistência médica e hospitalar no Hospital da Cova da Beira.

Ao ter conhecimento do crime, a PJ realizou diversas diligências, que culminaram na detenção do suspeito, ontem, na zona do Fundão, assim como de uma busca domiciliária e outra não domiciliária.

Durante as buscas foram apreendidos diversos elementos de prova que conduziram à confirmação das suspeitas da PJ, assim como a associação do suspeito a mais dois crimes semelhantes.

O primeiro está relacionado com um ataque a uma jovem de 16 anos, sob forma de coação sexual, que teve lugar em janeiro deste ano. O outro terá sido cometido sobre a própria mulher, de 40 anos, em contexto de violência doméstica, um dia antes do rapto e violação da jovem de 26 anos acima mencionada.

O detido, que é mecânico de automóveis, encontrava-se desde o passado mês de setembro, em liberdade condicional, após ser condenado e ter cumprido parte da pena na prisão, também por rapto e violação, desta vez cometidos no concelho de Sintra.

O homem será presente durante o dia de hoje a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Leia Também: "Constrangeu as vítimas". Preventiva por crimes de violação em Loulé

Recomendados para si

;
Campo obrigatório