Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 21º

Ativistas guineenses concentram-se em protesto junto ao Parlamento

Cerca de três dezenas de ativistas guineenses concentraram-se hoje diante da Assembleia da República, em Lisboa, em protesto contra a presença do Presidente da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, nas comemorações dos 50 anos do 25 de Abril.

Ativistas guineenses concentram-se em protesto junto ao Parlamento
Notícias ao Minuto

12:44 - 25/04/24 por Lusa

País 25 Abril

Munidos de cravos brancos, cartazes onde se lia "Sissoco Embaló Ditador" ou "Marcelo lado a lado com um ditador -- valores de Abril oprimidos na Guiné-Bissau" e t-shirts pretas a denunciar mortes, prisões e raptos com cariz político, os ativistas começaram a juntar-se a meio da manhã para alertar para o que consideram ser uma degradação da democracia guineense e um convite português que vem "branquear" a atual realidade política do país.

"Tendo em conta o contexto político na Guiné-Bissau de um desmantelamento das liberdades democráticas que foram conquistadas, achámos que havia necessidade de fazer uma crítica ao Estado português por um convite endereçado ao atual Presidente da Guiné-Bissau, o senhor Umaro Sissoco. Quem está atento à situação política tem noção do caos que está a ser criado neste momento, no sentido de permitir que ele continue no poder", afirmou à Lusa Youssef, ativista guineense na diáspora e porta-voz dos que hoje se concentraram em Lisboa.

Leia Também: Presidente guineense em visita de Estado ao Gana para debater cooperação

Recomendados para si

;
Campo obrigatório