Meteorologia

  • 22 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 22º

PSP com forte dispositivo para "garantir segurança" das manifestações

Um forte dispositivo policial vai garantir a segurança das várias manifestações e eventos que na quinta-feira assinalam os 50 anos do 25 de Abril em Lisboa, segundo a PSP, que estará também atenta aos possíveis protestos não marcados.

PSP com forte dispositivo para "garantir segurança" das manifestações
Notícias ao Minuto

20:23 - 24/04/24 por Lusa

País 25 de Abril

A Polícia de Segurança Pública dá igualmente conta que a partir das 06h00 de quinta-feira vão ser vários os constrangimentos ao trânsito no centro de Lisboa, que começam na zona da Praça do Comércio e vão alargando para outras zonas da cidade, nomeadamente junto à Assembleia da República, Palácio de São Bento, Marquês do Pombal, Avenida da Liberdade e Belém.

O chefe da área operacional do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP, Manuel Gonçalves, disse à Lusa que o dispositivo desta força de segurança para quinta-feira será diversificado com diversas valências no terreno, mas não especificou quantos polícias vão estar destacados.

"Face à diversidade de eventos que vão decorrer está feito um planeamento e uma quantificação, que se tudo decorrer dentro do que é expectável, nós consideramos que seja suficiente para garantir que tudo corre dentro da normalidade", afirmou o responsável, sublinhando que em todos os locais onde haverá eventos e manifestações existirá "um dispositivo policial para garantir a segurança".

Manuel Gonçalves indicou que a presença policial será visível nas cerimónias associadas às comemorações dos 50 anos do 25 de abril, existindo um outro dispositivo "especialmente preparado para garantir que todas as manifestações decorrem com a devida normalidade".

"Fazemos a avaliação de risco de diversas situações. Temos umas, obviamente, que estão confirmadas e devidamente comunicadas e depois, obviamente, prevemos cenários e a possibilidade de outras situações ocorrerem. Obviamente que até ao momento não temos conhecimento formal de nenhuma manifestação que decorrerá na Assembleia da República, mas se ocorrer, independentemente da sua natureza, nós teremos preparados para garantir a segurança", precisou.

Segundo a PSP, a manifestação marcada através das redes sociais pelo movimento 'inorgânico inop', composto por elementos da PSP e da GNR, para as 08:30 junto à Assembleia da República não foi, até à data, comunicada à Câmara Municipal de Lisboa.

Questionado sobre a manifestação 'habeas corpus', liderado pelo juiz expulso da magistratura Rui Fonseca e Castro, Manuel Gonçalves disse que não existirá uma presença policial especial, sendo "um dispositivo normal para este tipo de manifestações independentemente do espetro político".

"A partir do momento em que todos se expressem de forma adequada, sem incitar à violência e sem colocarem em questão princípios e liberdades, qualquer uma das manifestações será tratada da mesma forma", disse.

Em comunicado, o Cometlis refere que os constrangimentos ao trânsito na zona da Praça do Comércio serão a partir das 06h00, junto a São Bento a partir das 07h00, nas ruas próximas ao Marquês de Pombal e Avenida da Liberdade a partir das 12h30 e no Centro Cultural de Belém e no Palácio Nacional da Ajuda a partir das 16h00.

Leia Também: 25 de Abril. Macron enaltece papel dos portugueses na democracia europeia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório