Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 28º

Arranca reabilitação de sepulturas de militares portugueses em Angola

A Liga dos Combatentes de Portugal e o Governo Provincial de Luanda (GPL) formalizaram hoje os acordos para a reabilitação de espaços cemiteriais onde estão sepultados militares portugueses, cujas obras deverão arrancar na quinta-feira, segundo o GPL.

Arranca reabilitação de sepulturas de militares portugueses em Angola
Notícias ao Minuto

17:43 - 24/04/24 por Lusa

País Angola

A reabilitação dos espaços cemiteriais e a exumação de ossadas para serem colocadas em ossários nos cemitérios da Santana e do Alto das Cruzes (Luanda) foram temas do encontro entre uma delegação da Liga dos Combatentes de Portugal, chefiada pelo Coronel Batalha da Silva, e o vice-governador para o Setor Económico, Jorge Miguêns.

O projeto insere-se no âmbito da Operação Imbondeiro, e resulta do Programa Estratégico Estruturante "Conservação das Memórias" da Liga dos Combatentes.

A Liga dos Combatentes de Portugal ofereceu-se para reabilitar estes dois cemitérios, para assim honrar a memória dos militares portugueses que morreram ao serviço das Forças Armadas Portuguesas, no último século.

Um levantamento feito pela Liga dos Combatentes aponta para a existência de 187 lugares, incluindo cemitérios e outros espaços de sepultamento, onde existem restos mortais de militares portugueses em Angola, num total de 1.548 referências.

O presidente da Liga, tenente-general Joaquim Chito Rodrigues, disse, quando se deslocou a Angola, em outubro de 2023, que a operação é "complexa e prolongada no tempo", porque o território angolano é grande e durante os conflitos do século passado, tanto militares provenientes da então metrópole como os recrutados localmente caíram ao serviço das Forças Armadas Portuguesas e estão espalhados pelo país inteiro.

Leia Também: Banco central angolano regista menos 100 ciberataques por dia em 2024

Recomendados para si

;
Campo obrigatório