Meteorologia

  • 23 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 12º MÁX 23º

Europeias? "Portugal é onde o desafio de participação é mais elevado"

O chefe de Governo, Luís Montenegro, falou sobre as datas das eleições europeias, que acontecerão entre 6 e 9 de junho. Em conferência de imprensa ao lado da presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, o social-democrata apontou que estas datas serão "um desafio", dado que acontecem na semana em que há feriados em Portugal, e há quem aproveite para tirar férias. E oq eu 'respondeu' Metsola?

Europeias? "Portugal é onde o desafio de participação é mais elevado"

O primeiro-ministro, Luís Montenegro, recebeu a Presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, no Palácio de S. Bento, em Lisboa, onde deram uma conferência de imprensa conjunta.

Lembrando o Conselho Europeu, que aconteceu esta semana em Bruxelas, na Bélgica, Montenegro sublinhou em relação aos governos da União Europeia: "Partilhamos valores comuns, partilhamos o interesse em salvaguardar a paz, o espírito de solidariedade da União Europeia e de sermos no mundo uma referência da Democracia, respeito pelos Direitos Humanos, do progresso e do bem estar".

Em relação às eleições europeias, o chefe de Governo começou por considerar que "Portugal é talvez onde o desafio de participação é mais elevado nesse dia - porque antecede um feriado nacional, o 10 de Junho, Dia de Portugal, das Comunidades Portuguesas e de Camões", considerou, falando ainda sobre o dia 13, em que é feriado na capital portuguesa.

"É uma semana onde muitas portuguesas e portugueses aproveitam para projetar dias de descanso, e mesmo de gozo de férias. O que a juntar ao já tradicional índice menos elevado de participação coloca a Portugal um desafio acrescido", reforçou.

Montenegro explicou que à semelhança do "muitos outros membros do Governo" vão fazer, vai votar antecipadamente, a 2 de junho - e na conversa que teve com Metsola, tê-la-á colocado a par das campanhas de sensibilização desenvolvidas pelo Executivo para combater uma eventual 'dificuldade' na ida às urnas por parte dos portugueses.  "Tive ocasião de partilhar o empenho do Governo português no lançamento de uma campanha de sensibilização dos eleitores para duas circunstâncias: em primeiro lugar a possibilidade em que estamos a trabalhar de o exercício do direito de voto poder ser concretizado em mobilidade", referiu, acrescentando que em causa estava também uma campanha "para que sejam aproveitados os instrumentos que a lei dispõe", referindo-se ao voto antecipado.

O chefe de Governo sublinhou também a importância de votar nestas eleições, que elegem representantes portugueses na Europa. "É também tratar do futuro de Portugal. Ser português é ser europeu. Ser europeu é tratar do futuro de todos nós", considerou.

E o que diz Metsola?

Após Montenegro sublinhar a "amizade" que Metsola tem dado não só à Europa, como a Portugal, foi a líder europeia que falou. "Estou encantada por estar de volta a Lisboa, Portugal", começou por dizer, elogiando o trabalho de Montenegro.

"Conhecemo-nos há muito tempo e sempre fiquei impressionada com a sua dedicação, liderança e compromisso", afirmou. Metsola reiterou que o assunto principal em cima da mesa foram as eleições europeias e referiu que estava "ciente das dificuldades da data [das eleições europeias] para Portugal". "Mas numa altura em que há menos pessoas a viver em Democracia do que fora dela, diria que é uma responsabilidade conjunta salvaguardar a Democracia e votar", apelou.

A líder do Parlamento Europeu disse ainda que o mesmo assunto foi discutido com ó Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e também com o presidente da Assembleia da República, José Aguiar-Branco. "Estou confiante de que podemos confiar nas instituições portuguesas para alertarem os cidadãos acerca da importância das eleições", acrescentou. 

Metsola falou ainda sobre os eurodeputados que deixaram o Parlamento Europeu e que são agora membros do Governo. "A nossa perda será o teu ganho", considerou a presidente, referindo que estes agora ministros serão uma garantia de "força".

[Notícia atualizada às 16h07]

Leia Também: Metsola pede aos portugueses que "não cedam ao cinismo fácil"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório