Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 25º

Torres Novas homenageia antigos presos políticos nos 50 anos do 25 Abril

O município de Torres Novas vai assinalar os 50 anos da revolução do 25 de Abril de 1974 com um conjunto de atividades que se estendem até dezembro e que incluem uma homenagem aos antigos presos políticos do concelho.

Torres Novas homenageia antigos presos políticos nos 50 anos do 25 Abril
Notícias ao Minuto

16:20 - 17/04/24 por Lusa

País 25 Abril

Em nota de imprensa, a Câmara de Torres Novas, no distrito de Santarém, dá conta de um programa de comemorações que vai decorrer até dezembro e que prevê para o dia 25 de abril uma sessão solene e uma homenagem aos presos políticos naturais e residentes em Torres Novas no Parque da Liberdade.

O dia 25 de abril em Torres Novas contará ainda com a inauguração da exposição "Eleições e eleitos em Torres Novas", nos Paços do Concelho, com o concerto "Filhos da Revolução", de Júlio Resende, no Teatro Virgínia, e o habitual baile popular, a cargo de Xarepa Band, com porco no espeto, na Praça dos Claras, indica a mesma nota.

Antes, e "para comemorar os 50 anos da Revolução dos Cravos", o Teatro Virgínia será palco do espetáculo "Canções para Sempre", com o grupo Xambra, na sexta-feira, 19 de abril, e da atuação dos La Fontinha, com "Canções de Luta, Canções do Mundo", no dia 24.

O município de Torres Novas promove ainda dois eventos descentralizados, com o Choral Phydellius a levar, no dia 26, o espetáculo "25 de Abril, 50 anos" à localidade de Lapas, e, em 22 de junho, a Alcorochel, espetáculos que têm entrada gratuita.

As comemorações oficiais os 50 anos da Revolução dos Cravos em Torres novas integram um programa de atividades que se estendem até dezembro, com cinema, teatro, música, livros, tertúlias e exposições, entre outras.

No dia 30 de abril será assinalado o primeiro aniversário do Núcleo Museológico da Central do Caldeirão, com uma visita noturna guiada pelos antigos trabalhadores que faziam piquetes de turno e, em 04 de maio, o ex-ministro da Justiça e escritor Álvaro Laborinho Lúcio vai apresentar os livros 'A vida na selva' e 'As sombras de uma azinheira' na Biblioteca Municipal.

Maio é mês de muitas atividades no CHUDE - Centro Humberto Delgado, assinalando-se, no dia 15, o aniversário de nascimento de Humberto Delgado (15 maio 1906), no dia 18 a apresentação do livro de fotografia "Memórias da Ditadura", de Fernando Mariano Cardeira, e no dia 27 o fórum 'Uma rede de museus e lugares de memória da oposição e da resistência à ditadura portuguesa'.

Ainda em maio, a Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes recebe no dia 17 a conferência "Certas liberdades. Sexualidades e censura no Estado Novo", com Isabel Freire e José Pacheco Pereira, e, no dia 25, uma conferência dedicada à importância do Mutualismo/ Associativismo.

Entre os meses de junho e dezembro decorrerão várias atividades centradas nos 50 anos do 25 de Abril, com sessões de poesia e testemunhos, conferências, música, cinema, dança, teatro e apresentação de livros, num programa que integra as celebrações do 05 de Outubro e o aniversário do nascimento de Maria Lamas (06 outubro 1893), e que culmina em 15 de dezembro com o colóquio "Mário Soares e Humberto Delgado, rumo à democracia", em sessão integrada também nas celebrações do centenário do nascimento de Mário Soares.

Leia Também: 25 Abril. Criado coro comunitário na Covilhã com 115 participantes

Recomendados para si

;
Campo obrigatório