Meteorologia

  • 22 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 22º

Recuperação do tempo de serviço dos docentes "é compromisso do Governo"

O ministro da Educação, Ciência e Inovação, Fernando Alexandre, afirmou hoje que a recuperação do tempo de serviço dos professores durante a atual legislatura "é um compromisso do Governo", embora os custos da medida ainda não estejam definidos.

Recuperação do tempo de serviço dos docentes "é compromisso do Governo"
Notícias ao Minuto

12:38 - 17/04/24 por Lusa

País Professores

"Isso é um compromisso. Será à volta de 300 milhões de euros, é o que está estimado, pode ser um pouco menos, pode ser um pouco mais, mas esse compromisso é um compromisso do Governo", referiu Fernando Alexandre, em declarações aos jornalistas na Universidade do Minho, em Braga.

Segundo o governante, o valor certo da medida ainda não está definido porque o Governo anterior não disponibilizou a informação que lhe foi pedida pela Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO).

"Neste momento, o que nós estamos a fazer é a disponibilizar toda a informação e a dar a competência técnica que é necessária para fazer esses cálculos de forma muito rigorosa. Mas convém percebermos que aquilo que era o valor em janeiro não é o valor em abril, isto muda todos os meses", sublinhou.

Na quinta e na sexta-feira, o ministro vai receber 12 sindicatos do setor para receber as suas reivindicações e o seu "caderno de encargos".

"Aquilo que nós vamos fazer, em conjunto com o Ministério das Finanças, é ouvi-los, receber esse caderno de encargos, depois vamos analisar e vamos ver, com os recursos que temos disponíveis, o que é que é possível", acrescentou.

Reiterou, no entanto, que a recuperação do tempo de serviço é para cumprir, por ser "um compromisso do Governo".

"Isso é a base de partida. Mas, obviamente, há outras reivindicações, há outras necessidades que a classe dos professores, que a escola tem e que obviamente estaremos recetivos para analisar, sempre fazendo as contas", disse ainda.

Fernando Alexandre presidiu à sessão de abertura do colóquio "50 anos de mudança e inovação: As novas universidades no contexto da democratização portuguesa", integrado nas comemorações dos 50 anos da Universidade do Minho.

Leia Também: Ministro diz que professores foram desvalorizados pelos Governos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório