Meteorologia

  • 22 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 27º

25/Abril. Bragança promove recriação da manifestação de apoio ao MFA

Bragança vai celebrar os 50 anos do 25 de Abril com a recriação daquela que foi a primeira manifestação popular organizada na cidade de apoio ao Movimento das Forças Armadas (MFA), foi hoje anunciado.

25/Abril. Bragança promove recriação da manifestação de apoio ao MFA
Notícias ao Minuto

17:22 - 16/04/24 por Lusa

País 25 de Abril

A iniciativa faz parte do programa comemorativo apresentado pela autarquia, que se estende até novembro, e que no feriado vai repisar os passos feitos a 27 de abril de 1974.

A manifestação teve início e término na Praça da Sé, no centro da cidade transmontana, com o "ponto alto" a acontecer nas escadarias do antigo Batalhão de Caçadores n.º 3, hoje a entrada da Câmara Municipal, onde os manifestantes expressaram o entusiasmo com a vitória dos capitães.

"No 25 de Abril vamos estar às 09:00 em concentração na Praça da Sé. E aí espero que possamos distribuir cravos para quem quiser", disse o presidente do município, Paulo Xavier, na apresentação pública da programação na Sala dos Atos do Teatro Municipal, sobre esta iniciativa denominada "Passeio da Liberdade".

No final dessa manhã vai ser inaugurado um viaduto na cidade com o mesmo nome - "Passeio da Liberdade" - que liga a estação rodoviária à ciclovia da Mãe D'Água, num investimento de quase 1,4 milhões de euros.

Da programação fazem ainda parte residências artísticas com o mote "Arte e os valores de Abril", que até junho vão passar pelos estabelecimentos de ensino do concelho, onde artistas locais e comunidade escolar vão estar a trabalhar em conjunto.

Antes, a 23 de abril, vai decorrer no auditório da escola Paulo Quintela a "Aproxima-te" -- Sessão Evocativa do 25 de Abril, destinada aos jovens.

"É preciso sensibilizar os jovens para aquilo que foi o antes do 25 de Abril e o que representa hoje (...) Foi nesse dia que se abriram as portas à conquista da liberdade, da democracia e do desenvolvimento", considerou Paulo Xavier.

Nas ações festivas insere-se ainda o Festival Literário, de 22 a 25 de maio, exposições e apresentações de livros que se estendem pelos próximos meses.

As comemorações encerram a 20 de novembro, no Teatro Municipal, com um espetáculo gratuito de jazz com Inquiet'ensemble.

"Prevemos mobilizar milhares de pessoas, desde a comunidade escolar, utentes das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho, forças políticas locais e público em geral", rematou Paulo Xavier.

Leia Também: 25/Abril? Condeixa celebra 50 anos da revolução com espetáculo multimédia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório