Meteorologia

  • 21 JUNHO 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 24º

Prisão domiciliária para suspeito de tráfico de droga em Ponta Delgada

Um homem de 21 anos ficou em prisão domiciliária por estar "fortemente indiciado da prática do crime de tráfico de estupefacientes" em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, Açores, foi hoje revelado pela PSP.

Prisão domiciliária para suspeito de tráfico de droga em Ponta Delgada
Notícias ao Minuto

13:23 - 15/04/24 por Lusa

País Ponta Delgada

Segundo uma nota do Comando Regional da Polícia de Segurança Pública (PSP) dos Açores, o suspeito foi detido através da Esquadra de Investigação Criminal de Ponta Delgada, na sequência de uma denúncia anónima sobre uma suposta transação de droga "em curso no Largo Mártires da Pátria".

A PSP adianta que, "por haver informações recentes relacionadas com consumos e venda de haxixe nas proximidades da Escola Secundária Antero de Quental, foi imediatamente acionada a brigada de serviço permanente para o local, no sentido de averiguar os reais contornos da situação".

"Decorrente da rápida abordagem efetuada pelos investigadores da PSP no local foi, desde logo, possível verificar uma conduta altamente suspeita junto de um veículo estacionado no Largo Mártires da Pátria, sendo percetível a deslocação de um toxicodependente à referida viatura para adquirir estupefaciente, transação que não se viria a concretizar fruto da intervenção policial", lê-se.

Ainda de acordo com a PSP, na sequência das diligências efetuadas pelos investigadores, "foi possível detetar e apreender no veículo pertencente ao arguido", que foi imediatamente detido, "mais de 50 doses de haxixe em claras condições de venda a toxicodependentes".

Junto do arguido encontrava-se uma mulher de 17 anos, que também foi constituída arguida "em virtude de se encontrar na posse de objetos que a relacionavam com a alegada prática do crime".

"Perante o cenário verificado no local da ocorrência e em conjugação com outras informações na posse da PSP, que apontavam para o arguido enquanto um dos principais fornecedores de haxixe nas imediações do Liceu Antero de Quental, foram, imediatamente, realizadas diligências investigatórias, designadamente uma busca domiciliária e outra a um segundo veículo à disposição do arguido, tendo sido possível apreender aproximadamente 0,5 kg de haxixe, [quantidade] que permitiria a preparação de mais de 900 doses individuais para consumo, [e] dois veículos, entre outros objetos relacionados com a prática do crime", descreve a PSP.

O detido, após ter sido interrogado pelo juiz de instrução criminal no Tribunal de Ponta Delgada, ficará a aguardar as restantes fases do processo em prisão domiciliária.

Na nota, o Comando Regional dos Açores da PSP sublinha a importância da intervenção efetuada por "ter permitido cessar com a atividade criminosa de um arguido suspeito de proceder ao tráfico de droga nas imediações de um estabelecimento escolar" e que tinha sido detido recentemente pela prática do mesmo tipo de crime.

Leia Também: Prisão preventiva para suspeito de tráfico de droga em Ponta Delgada

Recomendados para si

;
Campo obrigatório