Meteorologia

  • 21 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 20º

Escuteiros decretam luto pela menina que morreu durante fanfarra

Criança foi vítima de um atropelamento em Lijó, Barcelos. Além dela, outras quatro pessoas ficaram feridas, duas delas com gravidade.

Escuteiros decretam luto pela menina que morreu durante fanfarra
Notícias ao Minuto

09:51 - 15/04/24 por Natacha Nunes Costa

País Acidente

O Corpo Nacional de Escutas (CNE) decretou, este domingo, luto nacional por um período de sete dias em homenagem a uma escuteira de oito anos que morreu atropelada durante uma fanfarra em Lijó, Barcelos.

"Pelo falecimento da Lobita Gabriela Maria Teixeira Moreira, ao abrigo do artigo 9º, do Regulamento de Protocolo do CNE, a Junta Central, solidária com o Agrupamento 528 - Lijó, o Núcleo de Barcelos e a Região de Braga, decreta luto oficial nacional por um período de 7 dias, a contar do dia 14 de abril de 2024", lê-se no comunicado do CNE partilhado na página de Facebook 'Escutismo'.

Na mesma publicação, o CNE recorda que "o luto manifesta-se institucionalmente, pelo hasteamento a meia-haste das bandeiras ou por uma banda de crepe preto a cobrir a parte superior de bandeiras quando estas se encontrem em mastros portáteis".

"Individualmente, os associados, querendo, podem usar uma braçadeira estreita de crepe preto, colocada no braço esquerdo, sobre o uniforme, como forma de manifestação pessoal de luto seja este institucional ou pessoal", acrescentam os responsáveis.

Além da lobita que morreu, outros quatro escuteiros, entre os 8 e os 21 anos, ficaram feridos no acidente, que aconteceu durante uma feira de escuteiros no adro de uma igreja de Lijó. Dois deles sofreram ferimentos considerados graves, uma criança de 13 e um jovem de 21 anos.

Leia Também: Criança morre atropelada em fanfarra de escuteiros em Lijó. Há 4 feridos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório