Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
25º
MIN 15º MÁX 26º

Idoso desaparecido desde quarta-feira após exames no Hospital da Feira

Está desaparecido desde quarta-feira um homem de 82 anos que entrou nas urgências do Hospital São Sebastião, em Santa Maria da Feira, e, entre exames de diagnóstico, deixou de ser localizado pelos profissionais dessa unidade.

Idoso desaparecido desde quarta-feira após exames no Hospital da Feira
Notícias ao Minuto

14:06 - 04/04/24 por Lusa

País Hospital

Segundo fonte oficial do hospital que é sede da Unidade Local de Saúde do Entre Douro e Vouga, no distrito de Aveiro, em causa está um idoso que foi referenciado para as urgências pelo Centro de Saúde de Lobão "devido a retenção de líquidos e pernas muito inchadas".

À chegada ao serviço, o homem foi acomodado numa cadeira de rodas cedida pelo hospital e nela ficou a aguardar atendimento.

"Da primeira vez que o chamaram para ser visto, ele não apareceu porque estava na casa de banho. À segunda vez, foi visto por uma médica, que requisitou vários exames, e a filha do senhor foi para casa, para ser chamada só quando ele estivesse pronto", conta a fonte do hospital.

Por volta das 13h00, quando o idoso foi convocado para novo exame, não se apresentou no devido local, pelo que chamaram pelo seu nome no sistema áudio geral do edifício.

"Procurou-se por ele na urgência, nas salas em volta, na consulta externa e, como não apareceu, demos o alerta à PSP, por volta das 14h00", revela a fonte do São Sebastião.

Os agentes policiais não fizeram buscas ao edifício, mas funcionários do hospital "realizaram buscas ontem [quarta-feira] e hoje".

A mesma fonte hospitalar adianta: "Não nos foi dada qualquer informação pela família de que o senhor não era autónomo ou tivesse alguma incapacidade que o impedisse de ficar sozinho - como deficiência mental, por exemplo. Só comunicámos a situação à polícia por se tratar de um utente de 82 anos".

Contactado pela Lusa por volta das 13h00 de hoje, o comando distrital de Aveiro da PSP confirmou que o idoso "ainda está desaparecido", mas não adiantou dados sobre buscas ou outros procedimentos que tenha realizado entretanto.

O Hospital São Sebastião já comunicou à PSP que tem disponíveis as imagens da videovigilância do edifício para análise pelas autoridades.

Leia Também: Enfermeiros. Abaixo-assinado exige negociação da carreira nos privados

Recomendados para si

;
Campo obrigatório