Meteorologia

  • 16 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 13º MÁX 26º

Defesa da Europa? Portugal "sempre foi muito sólido", diz Bruxelas

A comissária europeia dos Transportes, Adina Valean, assegurou hoje, em Bruxelas, que Portugal sempre foi sólido na abordagem pró-europeia, esperando que no novo ciclo político seja implementado o que já tinha sido decidido.

Defesa da Europa? Portugal "sempre foi muito sólido", diz Bruxelas
Notícias ao Minuto

16:17 - 03/04/24 por Lusa

País Bruxelas

"A Comissão Europeia não tem nada a dizer sobre quem os cidadãos decidem eleger [...], a não ser dar as boas-vindas ao novo ministro com a pasta do Transportes", afirmou a comissária europeia dos Transportes, em resposta à Lusa, em Bruxelas, num encontro no âmbito dos 'Connecting Europe Days'.

Adina Valean referiu que, ao longo do tempo, a União Europeia tem assistido a várias mudanças políticas nos seus Estados-membros e que ainda não falou com o novo executivo português para saber quais serão as suas prioridades, nomeadamente, em matéria de transportes.

Contudo, vincou que Portugal "sempre foi um país muito sólido na sua abordagem pró-europeia", independentemente do governo em funções, esperando que no próximo ciclo político sejam implementadas as decisões já acordadas sobre transportes e infraestruturas.

A comissária acredita haver interesse na "boa implementação" das políticas acordadas, lembrando os resultados alcançados nos últimos anos em áreas como a sustentabilidade, digitalização, competitividade e infraestruturas.

"Confio que Portugal vai sair-se bem", concluiu.

O novo Governo de Portugal, liderado por Luís Montenegro, tomou posse esta terça-feira, em Lisboa.

Os 'Connecting Europe Days', que têm lugar na capital da Bélgica até sexta-feira, vão juntar mais de 3.000 participantes dos Estados-membros e de países vizinhos, como Suíça, Noruega, Ucrânia, Geórgia, Turquia e Moldova.

No evento organizado pela Comissão Europeia, em conjunto com a presidência belga do Conselho da União Europeia, são esperados ministros, políticos e representantes de instituições financeiras e da indústria dos transportes.

Em cima da mesa vão estar temas como a criação de uma rede de transportes e mobilidade sustentável, o pacto ecológico da União Europeia e a estratégia de mobilidade.

Ao longo destes quatro dias de debate, os oradores convidados vão ainda falar sobre a Rede Transeuropeia de Transportes (RTE-T), os impactos das alterações climáticas nas infraestruturas, a conectividade da rede de transportes com países terceiros e sobre o financiamento dos projetos de infraestruturas de transportes.

A Lusa viajou para Bruxelas a convite da Comissão Europeia

Leia Também: MP junto do Supremo já recebeu pedido de António Costa para ser ouvido

Recomendados para si

;
Campo obrigatório