Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

Homem que matou cabo-verdiano na Horta ficou em prisão preventiva

O suspeito terá agredido a vítima com "um murro na frente da cabeça", fazendo com que esta "caísse desamparada" e sofresse "várias lesões cranianas" que levaram à sua morte.

Homem que matou cabo-verdiano na Horta ficou em prisão preventiva
Notícias ao Minuto

10:39 - 02/04/24 por Notícias ao Minuto

País PGR Lisboa

A Procuradoria-Geral Regional (PGR) Lisboa tornou público que apresentou a primeiro interrogatório judicial um homem, que foi detido por indícios pela prática de crime de homicídio qualificado. O homem, acusado de matar um cidadão cabo- verdiano na cidade da Horta, nos Açores, ficou sujeito à medida de coação de prisão preventiva.

Segundo uma nota, publicada no seu site, a PGR revelou que, durante a madrugada do passado dia 17 de março, "o arguido, no seguimento de uma discussão, ao passar pela vítima, e sem que nada o fizesse prever, agrediu-a com um murro na região da frente da cabeça, fazendo com que caísse de imediato desamparada para trás, batendo com a cabeça no chão" em plena via pública, junto a uma discoteca, na cidade da Horta, nos Açores.

Devido à queda, a vítima sofreu "várias lesões cranianas que foram causa direta e necessária da sua morte", que acabou por acontecer no dia seguinte.

O cidadão de nacionalidade cabo-verdiana vivia e trabalhava na cidade da Horta.

O suspeito foi então presente a juiz de Instrução Criminal, que lhe aplicou a medida de coação de prisão preventiva, uma vez que, uma vez que a sua ação poderá "ter sido determinada por ódio racial", havia "perigo de perturbação da ordem e a tranquilidade públicas".

A investigação continua sob a direção do Ministério Público da Horta e coadjuvado pela Polícia Judiciária dos Açores.

Leia Também: PJ investiga agressão a cabo-verdiano na cidade da Horta, nos Açores

Recomendados para si

;
Campo obrigatório