Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
28º
MIN 17º MÁX 29º

Sete protetores solares faciais chumbam nos testes da DECO PROteste

"Alguns são enganosos e inseguros: anunciam um FPS de 50 ou 50+, mas, na realidade, têm FPS 30", segundo o artigo que sairá na revista Saúde, edição de abril.

Sete protetores solares faciais chumbam nos testes da DECO PROteste
Notícias ao Minuto

15:08 - 21/03/24 por Notícias ao Minuto

País Protetores solares

A DECO PROteste realiza anualmente uma análise dos protetores solares para uma melhor escolha do consumidor, tendo este ano examinado os produtos faciais com FPS 50 ou 50+.

Segundo o artigo que sairá na revista Saúde, edição de abril, e que foi divulgado ao Notícias ao Minuto, todos incluem, como recomenda a Comissão Europeia, proteção contra os raios UVA, cujo fator deve corresponder a, pelo menos, um terço do valor de FPS.

"Do teste a 15 produtos faciais com FPS 50 ou 50+, sete chumbam em laboratório. Seis correspondem, na realidade, a um FPS 30, sendo que o da Vichy também falha na proteção contra os raios UVA, tal como o ISDIN. Por ser o parâmetro mais importante do teste, o resultado obtido na proteção solar (FPS ou UVA) é limitativo", lê-se no artigo.

"Alguns são enganosos e inseguros: anunciam um FPS de 50 ou 50+, mas, na realidade, têm FPS 30", refere a DECO PROteste.

Como são feitos os testes?

Segundo associação portuguesa, "o FPS (contra os raios UVB) e a proteção UVA dos protetores solares de rosto" é analisado "com um método híbrido que não envolve risco de queimaduras solares", mantendo a "avaliação 'in vivo', na pele dos voluntários".

"A medição também é feita 'in vitro' para verificar a permeabilidade do produto aos raios solares, antes e depois da exposição controlada de radiação", destaca.

A combinação destas medições 'in vivo' e 'in vitro' permite obter um espectro completo de absorção UVB e UVA dos protetores solares.

Alerta da DECO PROteste

Dado que "muitos" são de marcas internacionais, as organizações de consumidores congéneres da DECO PROteste em Espanha, Bélgica, Itália, França e Países Baixos "também já denunciaram os maus resultados às respetivas autoridades de saúde, a quem cabe fiscalizar e garantir a qualidade, a eficácia e a segurança dos produtos cosméticos".

Além disso, "para garantir que estes protetores solares cumprem a lei e são corretamente rotulados como FPS 30", a associação sugere ainda que a "venda deve ser suspensa, cabendo sanções aos fabricantes, por não respeitarem os consumidores nem a regulamentação".

Veja a imagem abaixo com os protetores solares a não comprar:

Notícias ao Minuto
© DECO PROTeste

E aqui pode conferir três eleitos com boa proteção solar

Notícias ao Minuto © DECO PROteste  

Leia Também: Uma das marcas preferidas da princesa Diana tem novo creme corporal

Recomendados para si

;
Campo obrigatório