Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

Furto de carro e máquina de tabaco acaba em perseguição de dezenas de km

PSP apenas conseguiu deter dois dos quatro suspeitos. Aconteceu em Vila Franca de Xira.

Furto de carro e máquina de tabaco acaba em perseguição de dezenas de km
Notícias ao Minuto

10:30 - 05/03/24 por Notícias ao Minuto

País Crime

Dois jovens, de 17 e 20 anos, foram detidos por suspeitas do crime de furto, em Vila Franca de Xira, revelou, esta terça-feira, a PSP, num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

De acordo com esta força de segurança, tudo aconteceu no dia 28 de fevereiro. Os suspeitos, juntamente com outros dois amigos, terão furtado uma máquina de tabaco num estabelecimento de Benfica e conduzido até Vila Franca de Xira, onde acabaram por ser localizados.

Ao aperceberem-se da presença da PSP, o grupo encetou a fuga.

Durante a perseguição, os agentes apuraram que também a viatura em que os suspeitos seguiam tinha sido furtada, no dia anterior, em Algés.

Conta ainda a PSP que, a certa altura, os ocupantes do veículo abriram a mala e atiraram a máquina de tabaco para a via que só não atingiu as viaturas policiais envolvidas na perseguição devido à "rápida reação dos condutores".

Entretanto, a GNR juntou-se à PSP na perseguição. Mas o condutor recusou sempre a acatar a ordem de paragem, conseguido esquivar-se até a uma tentativa de bloqueio, efetuada com o apoio de vários motoristas de pesados que circulavam na via.

Segundo a PSP, o jovem fez mesmo várias e sistemáticas "manobras evasivas e perigosas" que colocaram em causa a segurança dos restantes condutores.

Só após várias dezenas de quilómetros, já em Vendas Novas, o grupo decidiu abandonar a viatura em plena via, encetando fuga apeada.

Dois dos quatro suspeitos acabaram detidos, enquanto os outros dois conseguiram fugir.

Além da máquina de tabaco e do carro furtado, a PSP apreendeu aos suspeitos diverso material associado à prática de crimes.

Ambos os detidos já tem antecedentes criminais. Ao serem presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial foram-lhes decretadas as medidas de coação de apresentações periódicas e proibição de contacto entre ambos.

Leia Também: Condenado a trabalho comunitário após detenção por furto qualificado

Recomendados para si

;
Campo obrigatório