Meteorologia

  • 22 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 27º

Investimento só cresce nos Açores com estabilidade política, diz Bolieiro

O presidente do Governo dos Açores (PSD/CDS-PP/PPM), José Manuel Bolieiro, alertou hoje na Assembleia Legislativa da região, durante a tomada de posse do novo executivo, que o investimento só cresce na região se houver estabilidade política.

Investimento só cresce nos Açores com estabilidade política, diz Bolieiro
Notícias ao Minuto

18:26 - 04/03/24 por Lusa

País Bolieiro

"O alerta que, desde já, sinalizo é o de que o investimento só cresce, mesmo na presença de um bom sistema de incentivos, se houver estabilidade política geradora de um ambiente económico propício à confiança por parte dos agentes privados", disse Bolieiro.

"Só assim se pode atrair o investimento, também externo, necessário para a transformação económica que os Açores precisam e que os açorianos ambicionam", defendeu.

O social-democrata falava hoje na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, na cidade da Horta, na ilha do Faial, minutos depois de tomar posse como presidente do XIV Governo Regional.

No seu discurso, Bolieiro prometeu que vai continuar com a Tarifa Açores (permite aos residentes no arquipélago viajar de avião entre ilhas por um valor máximo de 60 euros, ida e volta) e prosseguirá as reformas inovadoras na área social, "concretizando medidas que contribuirão para a melhoria da qualidade de vida dos mais necessitados, dos mais frágeis e, também, para aliviar o orçamento da classe média".

O XIV Governo dos Açores também apostará na Educação e continuará a promover o acesso gratuito aos meios educativos para os mais jovens para "combater com eficácia o insucesso escolar".

"Continuaremos a caminhar para a generalização da gratuidade do acesso às creches para todas as crianças açorianas. Continuaremos com o Programa Novos Idosos, levando-o a outras geografias. Continuaremos o Programa Nascer+, alargando-o a outros concelhos, apoiando os jovens pais, facilitando, desta forma, o aumento da natalidade", disse.

Bolieiro está empenhado em promover uma "saúde de proximidade e de qualidade" e disse que "tudo fará para que a estabilidade laboral dos trabalhadores da área da saúde seja assegurada e para que as suas carreiras sejam dignificadas".

Também prometeu continuar o trabalho do XIII Governo, para que o direito à habitação seja uma realidade na região.

"Queremos que a economia açoriana continue a crescer e esteja mais bem preparada para, no quadro do mundo atual, poder sustentar as ambições dos açorianos", desejou.

O executivo liderado por José Manuel Bolieiro prosseguirá com as políticas necessárias "para consolidar os Açores como destino turístico de referência em termos de sustentabilidade" e valorizará a produtividade na agricultura e nas pescas.

Na sua intervenção, garantiu ainda que o executivo que lidera "terá uma postura de diálogo com o novo Governo da República" que sairá das eleições legislativas de domingo, "seja ele qual for".

"Mas, também, e seja ele qual for, não abdicaremos de fazer valer a concretização das responsabilidades do Estado e do cumprimento leal dos compromissos já assumidos para com os Açores. Do mesmo modo, não abdicaremos de participação determinante na gestão do mar e do espaço, áreas em que interesses da região e do Estado não se anulam ou se confrontam, no interesse de todos devem respeitar-se", disse.

Em 04 de fevereiro, a coligação PSD/CDS-PP/PPM venceu as regionais com 43,56% dos votos e elegeu 26 dos 57 deputados da Assembleia Legislativa, precisando de mais três para ter maioria absoluta.

O novo Governo Regional dos Açores tomou hoje posse perante a Assembleia Legislativa da região, na cidade da Horta, numa cerimónia que começou pelas 15:00 locais (16:00 em Lisboa).

No dia 22 de fevereiro tomaram posse os novos 57 deputados eleitos nas eleições regionais do dia 04 e o social-democrata Luís Garcia foi reeleito presidente da Assembleia Legislativa.

Com a entrada em funções, o novo executivo de coligação PSD/CDS-PP/PPM tem 10 dias para entregar, na Assembleia Regional, o Programa do Governo, o documento que contém as principais orientações políticas e as medidas a propor para toda a legislatura.

Leia Também: Governo dos Açores vai manter opções reformistas iniciadas em 2020

Recomendados para si

;
Campo obrigatório