Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 28º

Agressor de árbitro em partida de sub-17 no Algarve constituído arguido

O futebolista de 17 anos que agrediu um árbitro num jogo do segundo escalão distrital de sub-17, no domingo, em Loulé, distrito de Faro, foi identificado e constituído arguido, confirmou hoje à Lusa fonte da GNR.

Agressor de árbitro em partida de sub-17 no Algarve constituído arguido
Notícias ao Minuto

17:07 - 04/03/24 por Lusa

País GNR

A agressão ao árbitro Pedro Paulo, durante o jogo Campinense-Olhanense, foi denunciada hoje pela União de Núcleos do Algarve, que junta três núcleos de árbitros federados na Associação de Futebol do Algarve (AFA).

Após receber ordem de expulsão, um futebolista do Campinense "atuou de forma cobarde contra o árbitro, socando-o por duas vezes na zona abdominal", acusou, em comunicado, a união de núcleos.

Após a "violenta ação", o jogo foi imediatamente interrompido e, lê-se na mesma nota, "iniciados os procedimentos para ser feita queixa-crime contra o agressor".

Contactada pela agência Lusa, fonte da GNR confirmou que, ao minuto 55 do jogo disputado no campo municipal número 2 de Loulé, o árbitro da partida foi agredido por um jogador.

O atleta, de 17 anos, foi identificado e constituído arguido, tendo a GNR elaborado auto de notícia e dado conhecimento ao tribunal.

A partida sido imediatamente interrompida e o árbitro, que não necessitou de assistência médica, teve a segurança garantida pelos militares da GNR presentes no local e manifestou o desejo de procedimento criminal, referiu a mesma fonte.

Os núcleos de árbitros de futebol do Algarve frisam que esta foi "a terceira vez na época 2023/24 que árbitros são agredidos enquanto desempenham as suas funções", instando as autoridades competentes "a tomar medidas firmes e rápidas para punir o agressor de forma exemplar".

"É essencial que a justiça seja feita para que o desporto possa ser praticado e desfrutado num ambiente seguro e respeitoso para todos os envolvidos. Acreditamos que uma resposta rápida e enérgica enviará uma mensagem clara de que a violência não será tolerada", sublinha a união de núcleos.

Leia Também: UEFA nomeia árbitro de boa memória portuguesa para Sporting-Atalanta

Recomendados para si

;
Campo obrigatório