Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 26º

PJ encontra mais de 1,3 toneladas de cocaína escondida em peixe congelado

Foram detidas sete pessoas durante a operação Squid. Droga proveniente do Equador desembarcou no porto de Lisboa mas só foi apreendida mais tarde, num armazém da zona Oeste.

PJ encontra mais de 1,3 toneladas de cocaína escondida em peixe congelado

A Polícia Judiciária (PJ) desmantelou uma rede criminosa que se dedicava ao tráfico internacional de droga por via marítima. Durante a operação, a que os inspetores deram o nome de Squid, foram apreendidos mais de 1.300 quilos de cocaína e detidos sete homens de várias nacionalidades, com idades compreendidas entre os 26 e os 59 anos.

De acordo com os inspetores, a droga, apreendida num armazém da zona Oeste, estava escondida entre peixe congelado. A carga era proveniente do Equador e foi descarregada no porto de Lisboa.

Devido à forma como a cocaína vinha dissimulada - no peixe congelado – foi, segundo a PJ, "extremamente difícil a sua deteção" e para a sua remoção foi mesmo necessária "a total destruição do peixe".

Entre os detidos, realçam ainda os inspetores, estão os "principais responsáveis pela importação e distribuição da cocaína apreendida".

Além da droga, as autoridades apreenderam aos suspeitos oito armas de fogo, viaturas de gama alta, bem como diversos documentos e objetos com relevante interesse probatório.

Os detidos, que a PJ suspeita que pertencerem a "uma estrutura criminosa organizada dedicada à importação e distribuição por diferentes países europeus de elevadas quantidades de cocaína importada a partir da América Latina", serão agora presentes às autoridades judiciárias competentes para aplicação das medidas de coação.

As investigações prosseguem.

Leia Também: Bruxelas preocupada com recrutamento de crianças para tráfico de droga

Recomendados para si

;
Campo obrigatório