Meteorologia

  • 20 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 22º

São Francisco Xavier afirma solidariedade com família de Avelina Ferreira

A administração do Hospital São Francisco Xavier manifestou-se hoje solidária com a família de Avelina Ferreira, e "totalmente disponível" e interessada em colaborar com as diversas entidades que estão a investigar o caso.

São Francisco Xavier afirma solidariedade com família de Avelina Ferreira
Notícias ao Minuto

20:05 - 27/02/24 por Lusa

País Avelina Ferreira

O corpo de Avelina Ferreira foi encontrado na segunda-feira numa mata nas traseiras do Colégio de São José, Lisboa, depois de a mulher ter desaparecido em dezembro do ano passado após ter dado entrada nas urgências do Hospital São Francisco Xavier.

Hoje, em comunicado, o conselho de administração da Unidade Local de Saúde Lisboa Ocidental (ULSLO) apresenta condolências à família e amigos de Avelina Ferreira "pelo trágico desfecho", e diz que já o fez diretamente à família, quando foi manifestada disponibilidade para apoio psicológico.

"A confirmação do falecimento é, também para esta Instituição e para os seus profissionais, motivo de tristeza e consternação, pelo que aqui se deixa a expressão de solidariedade neste momento", refere o comunicado.

A ULSLO recorda que após o desaparecimento "foram muitos os profissionais de saúde da Instituição que se juntaram e participaram ativamente nas buscas da utente às imediações do Hospital de São Francisco Xavier".

A ULSLO diz no comunicado que continuará a acompanhar atentamente este caso e os seus desenvolvimentos.

Avelina Ferreira, 73 anos, com Alzheimer, desapareceu em 12 de dezembro do ano passado, depois de ter entrado sozinha nas urgências do Hospital, uma vez que o marido foi impedido de a acompanhar. O marido esteve sete horas à espera do lado de fora das urgências, até descobrir que Avelina tinha desaparecido sem que ninguém tivesse dado conta.

A família culpou o hospital por ter impedido que o marido acompanhasse Avelina Ferreira no serviço de urgência, tendo sido obrigado a aguardar na sala de espera e em janeiro lançou uma petição a pedir mecanismos que previnam o desaparecimento de pessoas com demência.

A ULSLO agrega três hospitais, o Hospital de São Francisco Xavier, o Hospital de Egas Moniz e o Hospital de Santa Cruz.

Leia Também: "Para que não haja mais". Família de Avelina promete continuar a "lutar"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório