Meteorologia

  • 18 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 26º

Polícia Marítima apreende 13 quilos de meixão no rio Tejo. Dois arguidos

Meixão foi devolvido ao seu habitat natural.

Notícias ao Minuto

18:52 - 24/02/24 por Notícias ao Minuto

País Meixão

A Polícia Marítima apreendeu, durante os dias 23 e 24 de fevereiro, no rio Tejo, 13,125 quilos de meixão, anunciou, este sábado, a Autoridade Marítima Nacional (AMN). 

"Os elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Lisboa apreenderam 13,125kg de meixão, durante uma operação de combate à captura ilegal de meixão no rio Tejo, na área adjacente a Vila Franca de Xira, durante os dias 23 e 24 de fevereiro", lê-se em comunicado.

Durante esta ação, os elementos da Polícia Marítima "detetaram duas embarcações e redes de captura no rio Tejo contendo 13,125kg de meixão, cuja captura é proibida e pode ser qualificada como crime de 'danos contra a natureza' por se tratar de uma espécie protegida na Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção (CITES)".

Segundo a AMN, foi elaborado o auto de notícia, tendo os elementos da Polícia Marítima recolhido e apreendido, como medida cautelar, as redes de captura e as duas embarcações, bem como o meixão capturado ilegalmente, "que, por se encontrar vivo, foi posteriormente devolvido ao seu habitat natural".

Desta ação, que contou com a colaboração de uma equipa do ICNF, resultou ainda a constituição de dois arguidos de nacionalidade portuguesa.

"A enguia europeia, espécie 'anguilla anguilla', no seu estado final da fase larvar é designado como 'meixão', tendo sido, nesta ação, resgatados cerca de 52.500 espécimes protegidos pela CITES", destaca a mesma nota.

Pode ver as imagens desta ação na fotogaleria acima.

Leia Também: Homem ferido com gravidade após queda nas rochas no Porto de Aveiro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório