Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

Francisco Pinto Balsemão distinguido com Prémio Universidade de Coimbra

O presidente do grupo Impresa e fundador do PSD, Francisco Pinto Balsemão, foi hoje distinguido com o Prémio Universidade de Coimbra pelo papel na construção e consolidação do regime democrático em Portugal.

Francisco Pinto Balsemão distinguido com Prémio Universidade de Coimbra
Notícias ao Minuto

10:55 - 15/02/24 por Lusa

País Pinto Balsemão

O galardão vai ser entregue ao empresário e antigo primeiro-ministro de Portugal em 01 de março, na sessão comemorativa do aniversário da Universidade de Coimbra (UC), anunciou hoje aquela instituição do ensino superior, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

"Raras figuras têm um currículo tão amplo com o nosso premiado na construção e consolidação do regime democrático que celebra este ano o 50.º aniversário do 25 de Abril de 1974", afirmou o reitor da UC, Amílcar Falcão.

Segundo o reitor, que preside ao júri do Prémio Universidade de Coimbra, Pinto Balsemão teve uma vida dedicada "à causa pública" e desempenhou "um papel fundamental na promoção da liberdade de imprensa, condição essencial para uma sociedade democrática -- e uma causa que importa destacar hoje em dia, quando a vemos ameaçada por uma grave crise em diversos 'media' nacionais".

Com o grupo Impresa, Francisco Pinto Balsemão deu "voz" (tema da Semana Cultural da UC deste ano) à "sociedade portuguesa e a assuntos que outros prefeririam silenciar", frisou Amílcar Falcão.

Para o presidente do Banco Santander (entidade que patrocina o prémio), Pedro Castro e Almeida, o galardoado tem "uma carreira notável a todos os títulos, como empresário, jornalista e dirigente político, com um contributo exemplar para a democracia e a liberdade de imprensa".

Francisco Pinto Balsemão é fundador e presidente do grupo de comunicação Impresa, que detém, entre outros títulos, o canal de televisão SIC e o jornal semanário Expresso.

Antes do 25 de Abril, foi deputado da chamada ala liberal e, após a Revolução dos Cravos, foi fundador do PSD, tendo sido primeiro-ministro entre 1981 e 1983.

Desde 2005 que é membro do Conselho de Estado.

O Prémio UC, no valor de 15 mil euros, foi instituído em 2004 e pretende distinguir anualmente uma personalidade de nacionalidade portuguesa "com um inequívoco e reconhecido contributo na sua área profissional".

O valor do prémio será destinado a desenvolver "um trabalho numa área a definir com o contributo do premiado", informou a UC.

Leia Também: Festival em França distingue curta de luso-suíço com Melhor Filme Europeu

Recomendados para si

;
Campo obrigatório