Meteorologia

  • 25 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 19º

"O direito de manifestação é essencial, mas deve cumprir alguns deveres"

Ministro da Administração Interna analisou os protestos dos agricultores, que prometem encerrar várias estradas na quinta-feira.

"O direito de manifestação é essencial, mas deve cumprir alguns deveres"
Notícias ao Minuto

14:59 - 31/01/24 por Notícias ao Minuto

País José Luís Carneiro

O ministro da Administração Interna comentou, esta quarta-feira, os protestos dos agricultores portugueses, marcado para quinta-feira, 1 de fevereiro.

Questionado sobre a possibilidade da manifestação encerrar várias estradas, em diferentes zonas do país, José Luís Carneiro realçou que "o direito de manifestação é um direito fundamental, democrático essencial, mas deve também cumprir alguns deveres".

"Tomamos conhecimento que há intenção de bloqueios de algumas estradas e de algumas condições de mobilidade do país. O meu apelo é que todos procurem cumprir e garantir o cumprimento desse dever de manifestação e desse direito de manifestação, que é legítimo, mas que procurem fazê-lo cumprindo algumas das regras fundamentais", disse, dando o exemplo, do "dever de comunicação às câmaras municipais competentes".

Para o governante socialista, os manifestantes devem "evitar que se coloquem em causa direitos fundamentais, como o de transporte".

Sobre a intervenção das autoridades nesta manifestação, José Luís Carneiro recordou que "as forças de segurança têm permissão para garantir a ordem, a segurança e tranquilidade pública".

Já sobre os protestos da PSP e GNR, o ministro nada disse.

Leia Também: PSP e GNR voltam hoje aos protestos com manifestação no Porto

Recomendados para si

;
Campo obrigatório