Meteorologia

  • 30 MAIO 2024
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 30º

Autocarro da Unir alvo de vandalismo desce desgovernado rua em Gaia

Um autocarro da rede Unir foi esta madrugada alvo de vandalismo em Vila Nova de Gaia e, após ser destravado, desceu desgovernado a rua onde estava estacionado até parar perto de um precipício, denunciou a Área Metropolitana do Porto.

Autocarro da Unir alvo de vandalismo desce desgovernado rua em Gaia
Notícias ao Minuto

16:52 - 30/01/24 por Lusa

País Gaia

"Esta madrugada, na rua de Baiza, em Vilar de Andorinho [Vila Nova de Gaia], um grupo de indivíduos partiu um dos vidros de uma viatura ali estacionada, entrou e destravou-a. O autocarro desceu a rua desgovernado até parar perto de um precipício e só por 'milagre' este ato não teve consequências trágicas", adiantou em comunicado a AMP, presidida por Eduardo Vítor Rodrigues, que também assume a liderança da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

A operação da Unir, que começou a 01 de dezembro em todo o território da região, após anos de litigância nos tribunais com os anteriores operadores, tem sido marcada por muitos protestos dos passageiros. Atrasos, carreiras por cumprir e falta de informação estão entre as principais queixas.

Na sexta-feira, o presidente da AMP afirmou que vai, a partir de fevereiro, aumentar a exigência aos operadores para cumprirem o estabelecido.

Classificando hoje este ato de vandalismo como inqualificável e com grave perigo para quem circulasse na rua, a AMP sublinhou que esta ocorrência vem juntar-se a uma série de atos de sabotagem que têm vindo a verificar-se desde o início da operação da Unir em Vila Nova Gaia.

Neste concelho, do distrito do Porto, foram já vandalizados 24 autocarros com pneus traçados, vidros partidos e veículos incendiados, especificou.

"Tudo isto condiciona o normal funcionamento da rede, a que se somam os riscos para todos e os prejuízos para o operador", vincou a AMP.

A AMP pede uma intervenção urgente e reforçada perante estes atos de vandalismo, acompanhando o operador da Unir naquele concelho no envio deste assunto às autoridades policiais.

Leia Também: Condutor que destruiu café em Monforte suspeito de tentativa de homicídio

Recomendados para si

;
Campo obrigatório