Meteorologia

  • 24 FEVEREIRO 2024
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 15º

Crise no Governo? Medina fala em "interesse grande" de ministros da UE

O ministro das Finanças, Fernando Medina, relatou hoje o "interesse muito grande" dos seus homólogos da União Europeia (UE) sobre a crise política em Portugal, mas garantiu-lhes que o país "está, do ponto de vista financeiro, numa situação estável".

Crise no Governo? Medina fala em "interesse grande" de ministros da UE
Notícias ao Minuto

12:33 - 08/12/23 por Lusa

Economia Crise no Governo

"Naturalmente, há sempre um interesse muito grande por parte dos vários países sobre o que se passa em Portugal e sobre a situação portuguesa, [mas] tive ocasião de transmitir aos meus colegas informações mais precisas sobre a nossa realidade, informando que Portugal está, do ponto de vista financeiro, numa situação estável", disse Fernando Medina.

Falando aos jornalistas portugueses em Bruxelas, após as reuniões do Eurogrupo na quinta-feira e do Ecofin hoje, o governante elencou que Portugal tem "o seu orçamento aprovado e [...]os instrumentos necessários para que o país viva em normalidade do ponto de vista económico e do ponto de vista financeiro".

Além disso, "temos perspetivas de crescimento que se mantêm e que se são superiores às da zona euro, quer relativamente a 2023, quer relativamente ao ano de 2024 e, depois, teremos o que é normal em todos os países que é a democracia a funcionar com eleições legislativas marcadas para dia 10 de março", adiantou Fernando Medina.

O ministro português das Finanças disse ainda ter salientado aos seus homólogos europeus "que o país tem, neste momento, os instrumentos e a determinação de, enquanto [o atual Governo] estiver em funções, prosseguir esta política".

O Presidente da República anunciou a dissolução da Assembleia da República e convocou eleições antecipadas para 10 de março de 2024, na sequência do pedido de demissão do primeiro-ministro, António Costa.

A escolha da data visava a votação final global do OE2024, cuja aprovação aconteceu no passado dia 29 de novembro.

Leia Também: Costa "assassinou" ideia de maioria absoluta, mas "quebrou muros"

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório