Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
18º
MIN 12º MÁX 24º

"Nada foi detetado" em buscas na Ria de Aveiro por grávida desaparecida

As buscas foram levadas a cabo na quarta-feira por uma empresa privada contratada pela família, junto à Ponte de Varela, na Ria de Aveiro.

"Nada foi detetado" em buscas na Ria de Aveiro por grávida desaparecida
Notícias ao Minuto

13:01 - 07/12/23 por Notícias ao Minuto

País Murtosa

As buscas subaquáticas na Ria de Aveiro por Mónica Silva, a grávida desaparecida na Murtosa, não obtiveram resultados, confirmou o capitão do Porto de Aveiro, Conceição Dias, ao Notícias ao Minuto.

"Nada foi detetado", adiantou o responsável.

As buscas foram levadas a cabo na quarta-feira por uma empresa privada contratada pela família, junto à Ponte de Varela, na Ria de Aveiro, e no local esteve também a Polícia Marítima por uma questão de segurança.

Na altura, o capitão adiantou que, apesar de não estarem relacionadas com a investigação das autoridades, foi pedida uma autorização para a realização das buscas e a Polícia Marítima destacou uma embarcação com dois elementos e ainda uma viatura com outros três de forma a garantir a segurança dos intervenientes. 

Mónica Silva, de 33 anos, desapareceu no início de outubro na Murtosa, no distrito de Aveiro. O desaparecimento está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ) e o principal suspeito, Fernando Valente, foi detido no passado dia 15 de novembro.

O suspeito foi detido após a realização de buscas a diversas propriedades e veículos pertencentes à família do suspeito. O detido, que ficou em preventiva, é um homem com quem a vítima de 33 anos terá tido um relacionamento amoroso e que alegadamente será o pai do bebé.

Leia Também: PJ realiza buscas na Murtosa por grávida desaparecida desde outubro

Recomendados para si

;
Campo obrigatório