Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 14º

Ministro admite recuperação total do tempo de serviço docente com PNS

Ministro admite margem para recuperação total do tempo de serviço dos professores

Ministro admite recuperação total do tempo de serviço docente com PNS
Notícias ao Minuto

12:38 - 05/12/23 por Notícias ao Minuto

País Educação

O ministro da educação João Costa admitiu, esta terça-feira, margem para recuperação total do tempo de serviço dos professores.

"Há uma moção, do candidato Pedro Nuno Santos - que, como é público, eu apoio - que aponta para uma continuidade de um caminho de devolução do rendimento, em equilíbrio com as contas do país, que foi iniciado em 2015. E aponta, para que, ele queira, quando for, como eu desejo, primeiro-ministro de Portugal, que esse caminho continue e que isso possa ter expressão na recuperação do tempo de serviço de toda a administração pública", explicou aos jornalistas esta terça-feira, depois de ser questionado sobre as suas declarações à Renascença, onde disse acreditar que, com uma gestão "liderada por Pedro Nuno Santos enquanto primeiro-ministro", seja possível "dar resposta" à reivindicação dos docentes, que é "justa e legítima".

"Definimos prioridades e essas prioridades foram executadas", disse, já esta terça-feira, lembrando o que foi feito sobre o aceleramento das carreiras sob a alçada do Governo de António Costa.

"Se for possível ir mais além como Pedro Nuno Santos propõe, fico obviamente contente", terminou.

Uma recuperação de tempo de serviço tem sido uma das reivindicações dos docentes portugueses, que, em 2023, levaram a cabo inúmeras greves. 

De notar que o candidato a secretário-geral do PS Pedro Nuno Santos defende, na sua moção global, a "recuperação gradual do tempo de serviço que esteve congelado" de todos os funcionários públicos, como condição para "uma Administração Pública inovadora e eficiente".

Pedro Nuno Santos estende a toda a função pública a contagem do tempo de serviço congelado que tem defendido para os professores, propondo que seja feita gradualmente, mas sem indicar um calendário.

Leia Também: Educação? Portugal cai, mas "mantém convergência" com média da OCDE

Recomendados para si

;
Campo obrigatório