Meteorologia

  • 01 MARçO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Costa manifesta apoio de Portugal à adesão da Albânia à União Europeia

O primeiro-ministro, António Costa, esteve hoje reunido com o seu homólogo albanês, Edi Rama, a quem manifestou o apoio de Portugal à adesão da Albânia à União Europeia (UE).

Costa manifesta apoio de Portugal à adesão da Albânia à União Europeia
Notícias ao Minuto

22:15 - 03/12/23 por Lusa

País União Europeia

Em duas mensagens publicadas na sua conta oficial na rede social X (antigo Twitter), o primeiro-ministro português demissionário indicou que "a poucos dias da Cimeira UE-Balcãs Ocidentais e de um Conselho Europeu que vai abordar o tema do alargamento da União Europeia", iniciou uma visita à região com "uma reunião muito útil" em Tirana, na Albânia, com o primeiro-ministro daquele país.

"Discutimos os progressos da Albânia no seu processo de adesão à União Europeia e de convergência com a Europa. A Albânia pode continuar a contar com o apoio de Portugal neste desígnio estratégico", garantiu.

António Costa indicou que foi discutido também "o potencial para o reforço das relações económicas" entre os dois países.

O primeiro-ministro português está entre hoje e segunda-feira nos Balcãs Ocidentais para reforçar o compromisso de Portugal em relação ao processo de alargamento da UE. Alguns dos países da região iniciaram as negociações de adesão há mais de 10 anos.

Na segunda-feira, António Costa desloca-se à capital da Macedónia do Norte, Skopje, onde irá encontrar-se com o primeiro-ministro Dimitar Kovacevski, seguindo-se depois um almoço em Podgorica, no Montenegro, com o primeiro-ministro do país, Milojko Spajic.

Em comunicado, o gabinete de comunicação de António Costa informou que a visita a estes três países dos Balcãs Ocidentais visa "transmitir o apoio de Portugal aos seus esforços de aproximação à União Europeia, no quadro da política de alargamento".

Atualmente, e sobre a futura entrada destes países, têm surgido críticas no bloco comunitário que apontam para "dois pesos e duas medidas" relativamente ao processo de alargamento da UE. Apesar de a União ter vindo a desenvolver uma política de apoio à integração progressiva, estes países encontram-se há vários anos à espera para ingressar no bloco europeu.

Em 2013, a Croácia tornou-se o primeiro dos sete países dos Balcãs Ocidentais a aderir à UE, enquanto a Albânia, a Bósnia-Herzegovina, o Montenegro, a Macedónia do Norte e a Sérvia têm oficialmente o estatuto de países candidatos.

Entretanto, foram iniciadas negociações e abertos capítulos de adesão com o Montenegro e a Sérvia, além de que as negociações com a Albânia e a Macedónia do Norte foram iniciadas em julho de 2022 e o Kosovo apresentou a sua candidatura à adesão em dezembro de 2022.

A 13 de dezembro, realiza-se em Bruxelas uma cimeira UE-Balcãs.

A visita de António Costa surge também a poucos dias de um decisivo Conselho Europeu, que se realiza em Bruxelas a 14 e 15 de dezembro, no qual os líderes da UE vão discutir a abertura de negociações formais para adesão da Ucrânia e da Moldova.

Leia Também: Meloni defende reprodução do acordo com Albânia noutros países

Recomendados para si

;
Campo obrigatório