Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Marinha volta a comandar força naval europeia da Operação Atalanta

A partir de domingo, a Marinha Portuguesa vai comandar novamente a Operação Atalanta, Força Naval da União Europeia que tem como objetivo proteger os navios do Programa Alimentar Mundial e combater a pirataria, foi hoje anunciado.

Marinha volta a comandar força naval europeia da Operação Atalanta
Notícias ao Minuto

14:13 - 01/12/23 por Lusa

País Marinha Portuguesa

A Operação Atalanta será comandada pelo Capitão-de-Mar-e-Guerra Martins de Brito, entre os dias 3 de dezembro de 2023 a 10 de fevereiro de 2024, anunciou a Marinha em comunicado.

Nesta 45.ª rotação da Força Naval da União Europeia, o novo comandante será acompanhado por uma equipa de militares da Marinha.

O grupo esteve recentemente em Rota, Espanha, onde teve oportunidade de preparar a missão que começa este domingo a bordo do navio ESPS Victoria, acrescenta a nota.

A Operação Atalanta tem como objetivos principais "proteger os navios do 'World Food Programme' e toda a navegação considerada vulnerável e, ainda, prevenir ataques de pirataria e roubo no mar".

Rogério Martins de Brito nasceu em Angola em 5 de janeiro de 1969 e ingressou na Marinha em 1986, tendo concluído a licenciatura na Escola Naval em Ciências Militares Navais, classe de Fuzileiros.

Durante a sua carreira frequentou vários cursos de natureza operacional, na Marinha e no Exército português, mas também em Espanha, nos Estados Unidos da América e na Alemanha onde obteve as qualificações em operações especiais, anfíbias e expedicionárias.

Em setembro deste ano o oficial da Marinha terminou a sua missão, de um ano, na qual comandou a missão de treino da União Europeia em Moçambique.

Leia Também: "Cooperação". Navio da Marinha Portuguesa recebe militares santomenses

Recomendados para si

;
Campo obrigatório