Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 19º MÁX 27º

Urgências ortopédica de Vila Real e pediatria em Chaves afetadas este mês

A urgência de ortopedia do hospital de Vila Real vai estar indisponível em 11 noites de novembro, mês em que a urgência pediátrica de Chaves está também fechada, informou o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD).

Urgências ortopédica de Vila Real e pediatria em Chaves afetadas este mês
Notícias ao Minuto

23:00 - 02/11/23 por Lusa

País Urgências

O centro hospitalar que agrega os dois hospitais fez hoje, em comunicado, um ponto de situação sobre os serviços afetados pela indisponibilidade dos médicos para realizar horas extraordinárias.

De acordo com a administração do CHTMAD, no serviço de urgência da unidade hospitalar de Vila Real a valência de ortopedia vai estar disponível no período noturno dos dias 04, 05, 09, 10, 11, 12, 13, 17, 20, 24 e 26, entre as 20:00 e as 08:00 do dia seguinte.

Já na terça-feira tinha sido anunciado o fecho da urgência de ortopedia no hospital de Chaves durante todo o mês de novembro devido à necessidade de concentrar os recursos médicos de ortopedia existentes, na urgência da unidade hospitalar de Vila Real.

O CHTMAD fica, assim, sem urgência ortopédica durante aquelas 11 noites do mês de novembro.

Segundo o comunicado do centro hospitalar, a urgência pediátrica do hospitalar de Chaves também vai estar fechada a partir de sexta-feira e durante todo o mês do novembro.

Este tem sido o serviço mais afetado naquela unidade hospitalar, que serve de referência à população dos concelhos de Chaves, Boticas, Montalegre e Valpaços, tendo estado indisponível em vários períodos desde a Páscoa, com o atendimento aos utentes em idade pediátrica a fazer-se na sede social do CHTMAD, em Vila Real.

As cidades de Chaves e Vila Real distam cerca de 70 quilómetros e são ligadas pela Autoestrada 24 (A24).

O CHTMAD solicita a todos os utentes que, antes de se deslocarem a um serviço de urgência, façam um contacto prévio com a Linha SNS 24 -- 808242424 - que disponibilizará aconselhamento e encaminhamento, em situações de doença e medicação.

Pede ainda que, em situações urgentes ou emergentes, seja contactado o 112 e que se aguardem indicações por parte do operador.

No sábado, centenas de populares e autarcas do Alto Tâmega vestiram camisolas pretas e protestaram contra o fecho de serviços no hospital de Chaves previsto para o mês novembro devido à indisponibilidade dos médicos para realizar mais horas extraordinárias além das 150 previstas na lei.

Para além do fecho da urgência de ortopedia e de pediatria, já confirmado, pode ainda estar em causa o fecho de outros serviços como a urgência médico-cirúrgica.

Leia Também: Hospital da Feira com constrangimentos noturnos nas urgências

Recomendados para si

;
Campo obrigatório