Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 23º

Sintra. Câmara reabilita habitação social e para arrendar a jovens

A Câmara de Sintra concluiu a reabilitação de um edifício nas Mercês, destinado ao Programa Municipal de Arrendamento Jovem, e tem em curso a reabilitação de 53 fogos de habitação social na serra das Minas, informou hoje a autarquia.

Sintra. Câmara reabilita habitação social e para arrendar a jovens
Notícias ao Minuto

18:38 - 13/10/23 por Lusa

País Sintra

Segundo uma nota da autarquia, o presidente da câmara, Basílio Horta (PS), visitou hoje, acompanhado da ministra da Habitação, Marina Gonçalves, os trabalhos de reabilitação de prédios de habitação social, na freguesia de Rio de Mouro.

Na Rua Sacadura Cabral, nas Mercês, um edifício de 10 frações foi reabilitado integralmente pela autarquia e destina-se ao Programa Municipal de Arrendamento Jovem.

Os trabalhos consistiram na demolição da cobertura, estrutura, chaminés, pavimentos e revestimentos, colocação de novos revestimentos de tetos, paredes e pavimentos, instalação de equipamentos sanitários e mobiliário e instalação de eletrodomésticos (exaustor de fumos, forno de encastrar e placa de indução), refere-se na nota.

A intervenção na reabilitação integral do edifício custou em 577 mil euros.

O presidente da autarquia, citado na nota camarária, referiu a importância do tema da habitação no atual contexto do país: "A habitação é um bem essencial à vida das pessoas e com estas empreitadas que a autarquia tem vindo a realizar vai permitir dar resposta às necessidades dos munícipes".

"No caso da habitação jovem é muito importante pois vai permitir atrair os jovens para o concelho e com estas intervenções pretendemos colmatar as dificuldades sentidas pela população em matéria de habitação", acrescentou Basílio Horta.

Na Rua do Forte, na serra das Minas, a autarquia tem em curso trabalhos de reabilitação energética em 53 fogos de habitação social, empreitada integrada na Estratégia Local de Habitação, que visa "garantir condições de acesso a uma habitação condigna".

Estas intervenções em fogos de habitação municipal no Alto do Forte representam um investimento de cerca de 350 mil euros.

As intervenções vão contemplar a realização de trabalhos de reabilitação nas coberturas dos edifícios, paredes exteriores, caixas de escadas, incluindo a instalação elétrica, substituição de caixilharias e de estores e são apoiadas financeiramente pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Leia Também: Futuro hospital de Sintra com novo prazo de conclusão para março de 2024

Recomendados para si

;
Campo obrigatório