Meteorologia

  • 02 MARçO 2024
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 14º

SNS? "Estado de espírito do Governo em relação à negociação é permanente"

Na ótica do responsável, o modelo das USF de tipo B permitirá aumentar "a acessibilidade aos cuidados de saúde primários".

SNS? "Estado de espírito do Governo em relação à negociação é permanente"
Notícias ao Minuto

11:59 - 26/09/23 por Notícias ao Minuto

País Saúde

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, ressalvou, esta terça-feira, que o “estado de espírito do Governo em relação à negociação é permanente”, tendo apontado que, apesar de não ter sido possível chegar a um acordo com os profissionais de saúde, houve “muitas evoluções”.

“Acho que houve, apesar de tudo, muitas evoluções. O facto de não ter sido possível chegar a acordo não significa que não tenha havido evolução. Na área dos cuidados de saúde primários, concretizou-se algo que era uma reclamação muito antiga dos profissionais e que é muito bom para as população, que é a generalização das unidades de saúde familiar com remuneração associada ao desempenho”, começou por elencar o governante, em declarações aos jornalistas.

Na ótica do responsável, o modelo das USF de tipo B permitirá aumentar “a acessibilidade aos cuidados de saúde primários”, ao mesmo tempo que aumentará “a remuneração dos profissionais e a sua satisfação, e esta é uma combinação virtuosa”.

“Nos hospitais, o regime de dedicação plena representa um reforço significativo da remuneração dos médicos; estamos a falar de aumento na ordem dos 33%, naturalmente acautelando a prestação de cuidados que são essenciais”, indicou.

Aprovada nova organização no SNS. Dedicação plena aumenta salários em 33%

O diploma do regime de dedicação plena permitirá que os clínicos em início de carreira tenham aumentos de "cerca de 33%" o que, na ótica do ministro, "dá um sinal claro do relevo que o Ministério da Saúde coloca na motivação e na mobilização dos profissionais para o SNS".

Daniela Filipe | 14:37 - 14/09/2023

E complementou: “Acho que a implementação em concreto destes regimes também vai permitir resolver muitas das incompreensões que hoje existem, sendo que o estado de espírito do Governo em relação à negociação é permanente. Neste caso, o avanço nas negociações teve a ver com o não privar os profissionais e as pessoas das medidas, enquanto prosseguem as negociações.”

De notar que, na segunda-feira, Pizarro lamentou que nem todos os portugueses tenham médico de família, ao mesmo tempo que realçou que mais de 90% dos jovens médicos especialistas "ficaram no Sistema Nacional de Saúde (SNS)".

Face às críticas da oposição, que apontaram ser lamentável que o ministro só se tenha dado conta dos problemas dos centros de saúde a nível nacional oito anos depois do início da governação, Pizarro destacou que "o esforço de recuperação não começou agora" e que "em cada ano foram admitidos 500 novos jovens médicos na especialidade de medicina geral e familiar".

Leia Também: Aprovada nova organização no SNS. Dedicação plena aumenta salários em 33%

Recomendados para si

;
Campo obrigatório