Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 24º

Conselho de Ilha de São Jorge faz balanço positivo de reunião com Governo

A presidente do Conselho de Ilha de São Jorge, nos Açores, fez hoje um balanço positivo da reunião daquele órgão com o Governo Regional (PSD/CDS-PP/PPM), no âmbito da visita estatutária que decorre até quinta-feira.

Conselho de Ilha de São Jorge faz balanço positivo de reunião com Governo
Notícias ao Minuto

06:29 - 20/09/23 por Lusa

País Açores

"O balanço, efetivamente, é positivo. Houve várias coisas que foram alcançadas, não só em termos de betão, mas em termos sociais e económicos", afirmou Lena Amaral aos jornalistas, no final de uma reunião daquele órgão com o Governo Regional dos Açores realizada no Centro Social e Recreativo da localidade de Biscoitos, no concelho da Calheta.

No encontro, que durou cerca de quatro horas, o Conselho de Ilha apresentou vários pontos "fundamentais e importantes" para a ilha de São Jorge e o executivo açoriano deu "algumas respostas positivas" em áreas como a saúde, a agricultura e o empreendedorismo, referiu.

Sem respostas concretas, segundo a responsável, ficaram assuntos como o parque de combustíveis e os perímetros de ordenamento agrícola, duas situações que carecem de "resposta urgente".

Lena Amaral destacou o entendimento e preocupações do Governo Regional na resolução de questões relacionadas com a saúde, com as Instituições Particulares de Solidariedade Social e a população idosa.

Sobre a construção do novo matadouro, o Conselho de Ilha obteve informação do Governo que o processo está no bom caminho e que o equipamento possa ser realidade em 2025, visto tratar-se de "uma obra estruturante e indispensável" para São Jorge.

A responsável disse que também ficou "feliz" com as intenções do executivo açoriano relativamente a intervenções nos portos de Velas e Calheta.

O presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, referiu aos jornalistas que estava "satisfeito pelo conteúdo" do Conselho de Ilha de São Jorge e "pelo seu respetivo memorando".

Salientou que no encontro foi reconhecido "o acolhimento aos resultados da ação governativa que ajudaram ao desenvolvimento" e que a ilha de São Jorge encontra-se melhor hoje do que no início da legislatura.

Bolieiro lembrou que uma das exigências da ilha é a construção do matadouro, mas o mercado não tem correspondido.

Em relação ao concurso que está em vigor, disse acreditar na "boa expectativa de que haverá candidaturas e uma adjudicação para início de obra".

Durante a reunião, o presidente da Câmara Municipal de Velas, Luís Silveira (CDS-PP), chamou a atenção para o setor da saúde.

"Não há em São Jorge nenhuma cama adstrita a cuidados paliativos e continuados. E a pergunta é: Onde é que eles [os doentes] ficam?", questionou.

A secretária regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, falou, entre outros assuntos da sua tutela, sobre a Tarifa Açores (que permite viagens aéreas interilhas para residentes a 60 euros) e indicou que, no seu âmbito, 1.151 passageiros viajaram para a ilha de São Jorge entre junho de 2021 e junho de 2023.

No mesmo período, no âmbito da mesma medida, a Região Autónoma dos Açores registou o transporte de 194 mil passageiros, considerando Berta Cabral que a mesma teve "um sucesso extraordinário".

No turismo, a governante esclareceu que São Jorge possui atualmente 111 unidades de alojamento e que, nesta ilha, no último ano, o setor "teve um percurso notável".

O Governo dos Açores iniciou na terça-feira uma visita estatutária de três dias à ilha de São Jorge.

Segundo o Estatuto dos Açores, o Governo Regional tem de visitar cada uma das ilhas do arquipélago pelo menos uma vez por ano, com a obrigação de reunir o Conselho do Governo na ilha visitada.

Leia Também: CIVISA baixa nível de alerta sísmico na ilha açoriana de São Jorge

Recomendados para si

;
Campo obrigatório