Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 23º

Idosos de lar de Leiria vão fazer Caminhos de Santiago

Sete idosos do Centro Social Paroquial dos Pousos, em Leiria, iniciam hoje os Caminhos de Santiago, com um percurso ajustado às suas capacidades.

Idosos de lar de Leiria vão fazer Caminhos de Santiago
Notícias ao Minuto

08:25 - 24/08/23 por Lusa

País Caminhos de Santiago

A viagem foi estudada ao pormenor. Ao longo de quatro dias, os idosos irão realizar o caminho a pé, de cadeira de rodas e ainda de carrinha, num total de cinco a seis quilómetros diários.

"Procurámos um trajeto que fosse plano e sem obstáculos", explicou Alexandra Neves.

Durante toda a caminhada, os idosos terão momentos espirituais, culturais, gastronómicos e turísticos. A primeira paragem será em Vila Praia de Âncora. Pernoitam em Valença e seguem para Tui, passando a ponte em cadeira de rodas.

Em Padrón, os idosos vão visitar a pedra da barca de Santiago.

Os últimos quilómetros até chegar ao destino serão percorridos pelo trilho do Monte do Gozo à Catedral de Santiago de Compostela, onde irão assistir à missa do peregrino e receber o certificado do peregrino em cadeira de rodas.

A iniciativa nasceu do projeto 'Academia dos Sonhos', que também já levou um grupo de idosos a estar com o Papa Francisco, em Roma, em 2022.

A secretária da direção do Centro Social Paroquial dos Pousos, Alexandra Neves, explicou à agência Lusa que a Academia dos Sonhos tem como objetivo cumprir os desejos de muitos idosos, alguns em fim de vida, com "ações muito disruptivas" e "personalizadas".

"Este ano quiseram fazer os Caminhos de Santiago. Claro que será algo adaptado a eles e às suas idades. O peregrino mais velho que temos tem 92 anos", salientou Alexandra Neves, que irá acompanhar os sete idosos com mais nove cuidadores, incluindo apoio de enfermagem.

O projeto da Academia dos Sonhos pretende inspirar outros a proporcionar "toques de felicidade", sublinhou Alexandra Neves, ao destacar que a instituição "não gasta um euro do seu orçamento".

"Os custos são suportados através de angariação de fundos e das políticas sociais das empresas, que contribuem com um apoio. O objetivo é que nem a instituição nem as famílias dos utentes tenham de gastar dinheiro. Tentamos, por isso, envolver a comunidade e as empresas locais", adiantou.

Um grupo de 12 utentes do Centro Social Paroquial dos Pousos, Leiria, participou em junho de 2022 na audiência geral das quartas-feiras no Vaticano, com muito choro a marcar os momentos de contacto com o Papa Francisco.

Alexandra Neves, que acompanhou os idosos nesta deslocação ao Vaticano, disse à agência Lusa que "todos os idosos foram cumprimentar o Papa individualmente, que lhes ofereceu um terço e lhes deu a sua bênção".

"Houve muito, muito choro, muitas emoções. E nunca mais se vão esquecer deste momento", acrescentou a responsável, indicando que os idosos, que se deslocaram em cadeira de rodas ao local onde estava o Papa, ofereceram vinho, uma tela de Nossa Senhora e um terço missionário feito por uma idosa dos Pousos.

Leia Também: Seta amarela indica Santiago de Compostela mas nem sempre está visível

Recomendados para si

;
Campo obrigatório