Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 21º

PJ realiza buscas por alegados crimes na gestão do PSD. Rui Rio visado

Rui Rio será um dos principais visados da operação em curso, que investiga o pagamento de milhares de euros - um montante destinado à assessoria dos grupos parlamentares - a funcionários do partido que não exerciam funções no Parlamento. O PSD já confirmou que a sede nacional e a sede distrital do Porto foram alvo de buscas da PJ.

 PJ realiza buscas por alegados crimes na gestão do PSD. Rui Rio visado
Notícias ao Minuto

10:37 - 12/07/23 por Notícias ao Minuto

País PJ

A Polícia Judiciária (PJ) está a realizar buscas, esta quarta-feira, que visam o ex-líder do PSD Rui Rio e outros dirigentes do partido. Segundo avança a CNN Portugal, em causa estão suspeitas de crimes como peculato e abuso de poderes por alegada utilização indevida de dinheiros públicos na anterior gestão do PSD.

O Notícias ao Minuto entrou em contacto com a Polícia Judiciária (PJ), que acabou por confirmar a informação em comunicado.

As buscas decorreram em vários locais, nomeadamente na sede nacional do PSD, em Lisboa, nas sedes distritais e nas casas de Rui Rio e do deputado social-democrata Hugo Carneiro.

Por volta das 12h30, as buscas no apartamento de Rui Rio já tinham terminado.

Em causa estará um esquema de pagamento de ordenados a funcionários do partido com recurso a verbas da Assembleia da República, destinadas em exclusivo a cargos de assessoria dos grupos parlamentares.

A CNN Portugal escreve que a investigação, que terá nascido em 2020 após denúncias internas, suspeita que foram pagos milhares de euros por mês a funcionários que não exerciam funções na Assembleia da República, mas, sim, nas sedes distritais do PSD e no apoio à Juventude Social Democrata (JSD).

As autoridades acreditam que Rui Rio teria conhecimento do esquema, uma vez que, além de presidente do PSD, foi líder da bancada parlamentar social-democrata de novembro de 2019 a setembro de 2020.

Em declarações à estação, a partir do seu apartamento, no Porto, Rui Rio disse estar "tranquilo". 

Entretanto, o PSD confirmou estas buscas. "O PSD confirma que a sede nacional e a sede distrital do Porto foram hoje objeto de buscas por parte da Polícia Judiciária", lê-se num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto.

"Segundo a informação das autoridades, a investigação em curso, visa factos que remontam ao período de 2018 a 2021", acrescenta o partido, que assegura que "prestará toda a colaboração solicitada pelas autoridades judiciais".

[Notícia atualizada às 12h36]

Leia Também: PCP acusa Governo e PSD de obedecerem ao BCE apesar de "fingirem arrufos"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório