Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 16º

São Tomé e Príncipe é o país africano lusófono com mais inscritos na JMJ

São Tomé e Príncipe é o país africano lusófono que tem, até hoje, o maior número de peregrinos inscritos para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que se realiza em agosto, em Lisboa, segundo dados oficiais.

São Tomé e Príncipe é o país africano lusófono com mais inscritos na JMJ
Notícias ao Minuto

16:59 - 28/06/23 por Lusa

País Jornada Mundial da Juventude 2023

Fonte da Fundação JMJ2023 revelou à Lusa que estão inscritos, e com a inscrição finalizada, 503 peregrinos de São Tomé e Príncipe.

Segue-se Cabo Verde (187), Moçambique (136) e Angola (128). Da Guiné-Bissau ainda não foi concluída qualquer inscrição.

Ao nível dos países lusófonos, Portugal regista o maior número de peregrinos inscritos e com a inscrição finalizada (26.639), seguido do Brasil (5.782).

Lisboa foi a cidade escolhida pelo Papa Francisco para a próxima edição da Jornada Mundial da Juventude, que vai decorrer entre 01 e 06 de agosto, com as principais cerimónias no Parque Eduardo VII e no Parque Tejo, a norte do Parque das Nações, na margem ribeirinha do Tejo.

A JMJ nasceu por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

O Papa Francisco foi a primeira pessoa a inscrever-se na JMJ Lisboa 2023, em 23 de outubro de 2022, no Vaticano, após a celebração do Angelus.

Leia Também: JMJ: Ministro da Saúde diz estar tranquilo com dispositivo montado

Recomendados para si

;
Campo obrigatório