Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2024
Tempo
18º
MIN 12º MÁX 18º

"Maternidade do Sta Maria está em funcionamento. Não há razão de alarme"

Para o ministro da Saúde não se pode perder a "oportunidade" de construir um novo bloco de partos "por haver falta de capacidade organizativas".

"Maternidade do Sta Maria está em funcionamento. Não há razão de alarme"
Notícias ao Minuto

14:24 - 27/06/23 por Notícias ao Minuto com Lusa

País Manuel Pizarro

O ministro da Saúde afirmou, esta terça-feira, que a maternidade do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, está em "pleno funcionamento", garantindo que não há assim razão para alarme.

Manuel Pizarro falava aos jornalistas à margem de um encontro nas Caldas da Rainha sobre  o novo Hospital do Oeste, que vai ser construído no Bombarral, quando disse que estão a decorrer negociações com os profissionais de saúde da maternidade do Hospital de Santa Maria para os deslocar para o São Francisco Xavier durante as obras no bloco de partos.

"Numa sociedade democratica é normal e aceitável que haja diferenças de opinião. Só que é preciso tomar decisões. No caso do Santa Maria queria deixar claras duas coisas: Primeiro, a maternidade está em pleno funcionamento, não há razão de alarme; Segundo, tudo isto surge porque nós vamos, ao fim de 50 anos em que se reclamavam obras no bloco de partos do Santa Maria, transformá-lo no mais moderno e maior bloco de partos dos hospitais portugueses. Ora, não percamos essa oportunidade por haver falta de capacidade organizativas. Não se pode fazer uma obra desta dimensão com um bloco de partos a funcionar, nós estamos a falar de uma transformação profunda, isto implica um ajustamento", realçou, admitindo que tem esperanças que os profissionais de saúde ponderem as suas decisões.

"Estamos convictos que o profissionalismo, o brio, as qualidades humanistas dos profissionais farão com que a grande maioria deles nos ajudem nesta operação que é boa para todos", atirou.

Já sobre o novo hospital do Oeste, o ministro da Saúde revelou que este "vai ter 480 camas, é um hospital de grande dimensão, que vai ter praticamente todas as especialidades médicas", como por exemplo, urgência de psiquiatria, e um "laboratório de aerodinâmica para os exames de intervenção cardíaca urgentes".

De acordo com Manuel Pizarro, o novo hospital vai "aumentar em muito" a capacidade de resposta no Oeste, algo que hoje em dia é, reconheceu o responsável político, "muito insuficiente".

O novo hospital do Oeste vai ser construído na Quinta do Falcão, no Bombarral, num prazo estimado de cinco anos.

"Tenho uma enorme confiança nos valores humanistas e deontológicos dos meus colegas que trabalham no hospital Santa Maria"

O ministro da Saúde, Manuel Pizarro, manifestou hoje confiança nos valores deontológicos dos obstetras do Hospital de Santa Maria e reiterou que a resposta às grávidas será assegurada no Hospital Francisco Xavier.

"Tenho uma enorme confiança, não apenas na capacidade técnica, mas nos valores humanistas e deontológicos dos meus colegas que trabalham no hospital Santa Maria", afirmou o ministro da Saúde, assumindo estar "muito confiante" de que o "diálogo que está a ser desenvolvido vai conduzir a boa solução".

Manuel Pizarro reagia à demissão dos chefes e subchefes das equipas de urgência, com exceção de um, do serviço de obstetrícia do Hospital Santa Maria, em Lisboa, na sequência do anúncio do encerramento do serviço devido às obras da nova maternidade.

O que está previsto é que, enquanto o bloco de partos do Hospital de Santa Maria estiver fechado para obras - nos meses de agosto e setembro -, os serviços fiquem concentrados no Hospital S. Francisco Xavier (Centro Hospitalar Lisboa Ocidental), que encerrava de forma rotativa aos fins de semana e, a partir de 01 de agosto, volta a funcionar de forma ininterrupta sete dias por semana.

"A boa solução é assegurar às grávidas desta região a qualidade da resposta que o Serviço Nacional de Saúde nunca deixou de ter também em Lisboa", explicou o ministro, dizendo-se confiante de que "as equipas estarão asseguradas de forma a dar resposta a todas as necessidades das pessoas".

Leia Também: Ordem apela para diálogo sobre serviço de Obstetrícia do Santa Maria

Recomendados para si

;
Campo obrigatório