Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

'Campo Seguro'. GNR reforça patrulhamento nas explorações agrícolas

Em 2022, morreram 47 pessoas em acidentes com veículos agrícolas.

'Campo Seguro'. GNR reforça patrulhamento nas explorações agrícolas
Notícias ao Minuto

09:33 - 27/06/23 por Notícias ao Minuto

País GNR

A Guarda Nacional Republicana (GNR) anunciou, esta terça-feira, que vai desenvolver, até ao dia 31 de dezembro, a 'Operação Campo Seguro', de forma a "intensificar o patrulhamento, fiscalização e sensibilização", nas explorações agrícolas e florestais em todo o território nacional. No ano passado, morreram 47 pessoas em acidentes com veículos agrícolas.

Em comunicado, a força de segurança explica que pretende sensibilizar a população para a adoção de comportamentos "a fim de prevenir eventuais ilícitos criminais, nomeadamente o furto de produtos agrícolas, o furto de cobre e outros metais não preciosos, situações de exploração do trabalho, relacionadas com o tráfico de seres humanos e ainda, para a utilização segura de veículos agrícolas e florestais".

Em 2022, revela a força de segurança, registaram-se 561 acidentes que envolveram veículos agrícolas, dos quais resultaram 47 vítimas mortais e 64 feridos graves

Atendendo a estes números, "serão desencadeadas ações de sensibilização dirigidas aos utilizadores de tratores e máquinas agrícolas, com o objetivo de fazer cumprir as regras de segurança e prevenir a ocorrência de acidentes na manobra de veículos/máquinas agrícolas e florestais".

Entre os conselhos, está a "manutenção do veículo, uma vez que o mau funcionamento pode causar acidentes", a importância das "estruturas de proteção, como o arco de 'Santo António'", que "podem evitar a morte do condutor ou reduzir a gravidade dos ferimentos", além da utilização de "acessórios de iluminação e sinalização, de acordo com a lei".

A GNR aconselha ainda a que se frequentem "ações de formação teóricas e práticas", para conhecer "os riscos da condução de tratores e máquinas agrícolas e florestais", a não conduzir "sob o efeito de álcool, fadiga ou em velocidade não adequada às condições do veículo e à carga transportada" e a respeitar "os limites de carga e dimensão das máquinas e tratores agrícolas e florestais".

Para garantir que as diversas campanhas agrícolas decorrem num clima de segurança, a GNR irá desenvolver ações de policiamento de proximidade e de fiscalização, empenhando militares de diferentes valências, nomeadamente, dos Comandos Territoriais, do Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente, da Unidade de Segurança e Honras de Estado e da Unidade de Ação Fiscal.

Já para fazer face à criminalidade transfronteiriça, serão efetuadas ações de controlo e fiscalização do transporte de produtos agrícolas e florestais nos pontos de passagem da fronteira terrestre, em coordenação com a Guardia Civil.

Leia Também: Arranca hoje operação da GNR nos comboios e estações ferroviárias

Recomendados para si

;
Campo obrigatório