Meteorologia

  • 01 OUTUBRO 2023
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 35º

JMJ? "Não antecipamos cenários, mas contamos que o Papa possa vir cá"

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, José Ornelas, recusou hoje antecipar cenários devido à saúde do Papa Francisco, que vai ser operado esta tarde, e disse contar com a sua presença na Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

JMJ? "Não antecipamos cenários, mas contamos que o Papa possa vir cá"
Notícias ao Minuto

13:29 - 07/06/23 por Lusa

País JMJ

"Rezamos e acompanhamos a situação de saúde do Papa e esperamos aquilo que vai vir. Não antecipamos cenários, mas estamos contando que o Papa possa vir cá", afirmou aos jornalistas, em Leiria, José Ornelas, também bispo da Diocese de Leiria-Fátima, após ter recebido o secretário-geral do Partido Comunista Português, Paulo Raimundo.

O bispo salientou que a situação de saúde do Papa não é desconhecida, lembrando o desejo do chefe de Estado do Vaticano de presidir à JMJ, em agosto, em Lisboa, e de se deslocar, por essa ocasião, de novo, ao Santuário de Fátima.

"A situação de saúde do Papa não nos é nem desconhecida, muito menos nos deixa indiferentes. (...) Agora também ele disse sempre 'eu, desde que possa, evidentemente, que vou. Vou a Fátima e vou a Portugal, vou à JMJ'", declarou.

O Papa Francisco, de 86 anos, vai ser operado hoje sob anestesia geral no Hospital Gemelli, em Roma, por risco de obstrução intestinal, divulgou o Vaticano.

Esta intervenção cirúrgica, considerada necessária pelo agravamento dos sintomas apresentados pelo Papa, segundo a sua equipa médica, levará a "vários dias" de hospitalização, disse num comunicado o diretor de imprensa do Vaticano, Mateus Bruni.

O Papa será sujeito a uma "laparotomia e cirurgia plástica da parede abdominal com prótese" para tratar uma obstrução "recorrente, dolorosa e agravada" no intestino.

Na terça-feira, Francisco já tinha feito exames no Hospital Gemelli, em Roma.

Questionado sobre a eventualidade de o programa da JMJ, que foi anunciado na terça-feira, poder ser alterado devido à saúde de Francisco, José Ornelas assegurou: "O programa que está afixado é este. Como disse o D. Américo [Aguiar, presidente da Fundação JMJ e bispo auxiliar de Lisboa], não temos outro programa".

"Evidentemente que isso depende das condições de saúde do Papa e esperamos confiantes e rezamos para que possa ter um êxito positivo", ressalvou.

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa expressou ainda o desejo de que o Papa recupere.

"Esperamos que ele recupere. Aliás, tem sido um lutador, também nestas questões de saúde, e esperamos que venha. Deus está por trás destas coisas todas e também [o] tem nas suas mãos e [está] na nossa oração", acrescentou.

A agenda do Papa para a JMJ, entre 02 e 06 de agosto, em Lisboa, tem quase 20 encontros e inclui uma deslocação ao Santuário de Fátima.

Na terça-feira, Américo Aguiar justificou a ida do Papa nesse dia ao hospital, explicando que foi apenas "fazer análises" e avisou que não existe um plano B para a JMJ.

"O único plano é F, de Francisco", disse o presidente da Fundação JMJ.

[Notícia atualizada às 13h51]

Leia Também: Papa já chegou ao hospital para ser sujeito a cirurgia no intestino

Todas as Notícias. Ao Minuto.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recomendados para si

;
Campo obrigatório