Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Marcelo, Costa e Moedas homenageiam Mega Ferreira nos 25 anos da Expo'98

O escritor e jornalista foi o principal 'criador' da Exposição Mundial de 1998.

Marcelo, Costa e Moedas homenageiam Mega Ferreira nos 25 anos da Expo'98

O Presidente da República, o primeiro-ministro e o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, entre várias outras figuras políticas, homenagearam António Mega Ferreira, principal 'criador' da Exposição Mundial de 1998, em Lisboa, no dia em que se celebraram 25 anos da inauguração do certame.

O Presidente da República recorreu, também na segunda-feira, à página oficial da Presidência para homenagear Mega Ferreira.

"Comemorando os 25 anos da abertura da Expo'98, que hoje se assinalam, e associando-se à homenagem que esta noite lembrou António Mega Ferreira, recentemente desaparecido, e à inauguração de uma rua com o seu nome no Parque das Nações, o Presidente da República entregou, a título póstumo, a Ordem de Camões ao jornalista, escritor e gestor cultural, uma das figuras que, a justo título, associaremos sempre à Expo", pode ler-se na mensagem.

O primeiro-ministro, por sua vez, partilhou, na conta oficial do Twitter, uma fotografia onde surge o próprio, acompanhado de Mega Ferreira, que morreu em 2022, com a legenda: "Passaram 25 anos. Um abraço de saudade."

"Quero também evocar com gratidão a memória do grande mentor da Expo’98, António Mega Ferreira, e dos Comissários-Gerais Cardoso e Cunha e Torres Campos, bem como recordar o trabalho de todos aqueles a que tive a honra de dar continuidade", escreveu também António Costa.

Foi precisamente a ocasião da inauguração da rua António Mega Ferreira que o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, aproveitou para fazer ele próprio uma homenagem ao 'mentor' da Expo'98.

"Por iniciativa da Câmara Municipal, assinalamos hoje os 25 anos da Expo’98/Parque das Nações evocando António Mega Ferreira, atribuindo o seu nome a uma rua da cidade, abrindo o caminho à instalação da sua biblioteca pessoal e do Centro de Interpretação do Parque das Nações no Pavilhão de Portugal e lançando um livro sobre a relação do escritor com a Lisboa que amava", referiu também através do Twitter.

A Exposição Mundial de 1998 arrancou em Lisboa, a 22 de maio de 1998, durante até 30 de setembro do mesmo ano. O evento deu azo à criação da mais recente freguesia da capital, a freguesia Parque das Nações. António Mega Ferreira, que morreu em dezembro de 2022, é tido como o principal 'mentor' do evento e da dinamização desta zona da cidade, onde vivem atualmente cerca de 22 mil pessoas.

Leia Também: Lisboa homenageia António Mega Ferreira com nome de rua e biblioteca

Recomendados para si

;
Campo obrigatório