Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 23º

Corpo encontrado na praia de Cortegaça. Pode ser jovem desaparecido

Contudo, dado o estado de decomposição, apenas o Instituto de Medicina Legal poderá confirmar a identidade do homem.

Notícias ao Minuto

17:38 - 24/04/23 por Notícias ao Minuto com Lusa

País Ovar

O corpo de um homem foi encontrado na praia de Cortegaça, em Ovar, esta segunda-feira.

Segundo apurou o Notícias ao Minuto junto dos Bombeiros Voluntários de Esmoriz, o cadáver deverá pertencer ao jovem de 25 anos desaparecido desde o dia 18 de abril, que estava a ser procurado naquela zona. 

Contudo, dado o estado de decomposição, apenas o Instituto de Medicina Legal poderá confirmar a identidade do homem, ressalvou a fonte.

O alerta foi dado pelas 16h00, mobilizando também duas ambulâncias, dois carros de resgate de praia, a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Polícia Marítima do Douro.

"Efetivamente foi encontrado um corpo perto da zona onde desapareceu o jovem brasileiro, mas agora é preciso haver uma confirmação de que realmente é ele para não darmos falsas expectativas principalmente aos familiares", disse à Lusa o comandante da Capitania do Porto de Aveiro, Conceição Dias.

Segundo o mesmo responsável, o cadáver foi encontrado por um popular e um grupo de surfistas, numa zona situada "ligeiramente a norte da praia de Cortegaça sul".

Questionado se o corpo poderá ser o do jovem brasileiro que desapareceu naquela zona na terça-feira, Conceição Dias diz que "existe essa probabilidade", mas aguarda pelo reconhecimento do corpo para confirmar a identificação.

Pelas 17h00, as autoridades aguardavam no local a chegada da delegada do saúde, a fim de proceder à remoção do corpo para o Instituto de Medicina Legal onde será feito o reconhecimento.

Recorde-se que o jovem de nacionalidade brasileira desapareceu no mar numa zona entre a praia de Cortegaça Sul e a praia de São Pedro de Maceda, no concelho de Ovar.

Desaparecido desde as 16h00 de terça-feira, entrou na água com um amigo, que conseguiu sair pelos próprios meios. Contudo, acabou por ser arrastado pelo mar.

O alerta foi dado por um terceiro amigo que ficou no areal.

As buscas foram iniciadas de imediato com a participação de cerca de 40 operacionais, apoiados por um helicóptero da Força Aérea, três motas de água, uma lancha da Estação Salva-Vidas de Aveiro e outra dos Bombeiros de Espinho, além de elementos da Polícia Marítima e dos Bombeiros em terra.

Na quarta-feira, a operação decorreu no mar e em terra, numa área com cerca de 100 quilómetros quadrados, e contou com o reforço do navio hidrográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa, que fez buscas numa área mais afastada da costa.

[Notícia atualizada às 22h45]

Leia Também: Buscas "desconcentradas" por jovem desaparecido no mar de Ovar

Recomendados para si

;
Campo obrigatório