Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

Póvoa de Varzim sorteia cabazes hortícolas a quem separa resíduos

A Câmara da Póvoa de Varzim, do distrito do Porto, e a Horpozim, uma associação local de horticultores, vão sortear cabazes com produtos hortícolas junto da população que separe resíduos orgânicos em casa e os entregue para recolha.

Póvoa de Varzim sorteia cabazes hortícolas a quem separa resíduos
Notícias ao Minuto

17:03 - 05/04/23 por Lusa

País Póvoa de Varzim

A iniciativa, que pretende promover boas práticas ambientais numa perspetiva circular, vai entregar seis cabazes com produtos hortícolas da região, de três em três meses, e destina-se à população da cidade da Póvoa de Varzim e também da freguesia adjacente de Aver-o-mar.

Podem participar todos os que aderiram ao regime de recolha de resíduos 'porta a porta', a quem foi entregue um contentor para o efeito, e também aqueles que depositam os resíduos orgânicos nos postos de recolha públicos espalhados pelas duas localidades.

As entregas dos resíduos serão registadas através da etiqueta RFDI presente em cada contentor, e quem efetuar esse processo nove vezes por mês fica, automaticamente, inscrito para o sorteio, que será efetuado através de uma plataforma informática.

Os primeiros seis cabazes já foram hoje sorteados e serão entregues aos vencedores este sábado.

A vereadora com o pelouro do Ambiente da Câmara da Povoa de Varzim, Sílvia Costa, lembrou que o município já há alguns anos tem implementado a recolha bioseletiva de resíduos, considerando que esta iniciativa dará uma "incentivo extra" a quem o faz.

"Projeto prevê beneficiar quem participa nesta separação e promove uma lógica circular. Os resíduos orgânicos que produzimos, quase sempre restos de alimentos, serão compostados e depois devolvido à terra, para que possam, por exemplo, ajudar a produzir novas hortícolas", explicou a autarca.

Sílvia Costa acredita que com este tipo de incentivos "seja cada vez mais normal as pessoas separarem os seus resíduos orgânicos e encaminharam-nos para outros fins", tal como já é amplamente feito com a separação do plástico, vidro ou papel.

Da parte da Horpozim, uma das maiores associações de horticultores do país, sediada na Póvoa de Varzim, o presidente Manuel Silva classificou a participação na iniciativa como uma medida de "responsabilidade social", garantindo que os variados produtos que são oferecidos para integrar os cabazes sorteados são todos "da melhor qualidade e produzidos no concelho".

"Enquanto associação agrícola também temos de incentivar às boas práticas ambientais. Dissemos logo que sim quando fomos desafiados a participar. Todos temos a responsabilidade de tratar do nosso ambiente, e quanto mais gente o fizer melhor", disse o dirigente.

O líder da Horpozim lembrou que também que muitos produtores promovem a separação de resíduos orgânicos na explorações, fazendo encaminhar os restos das suas culturas para centros especializados em produzir compostos naturais valorizados, que são, depois, utilizados para fertilizar os mesmos campos.

Leia Também: Cabaz com IVA zero ganha mais produtos. Veja aqui o que vai incluir

Recomendados para si

;
Campo obrigatório