Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 12º MÁX 18º

"Tiroteios e berros". Chamada falsa leva GNR e bombeiros a casa de Windoh

Guarda Nacional Republicana e Bombeiros deslocaram-se à casa do youtuber depois de, alegadamente, terem recebido um alerta de que estariam a ocorrer "tiroteios", "vidros a partir" e "berros". Windoh fez um vídeo onde explica o sucedido.

"Tiroteios e berros". Chamada falsa leva GNR e bombeiros a casa de Windoh
Notícias ao Minuto

15:21 - 31/03/23 por Notícias ao Minuto

País Windoh

Windoh publicou, esta quinta-feira, um vídeo no Youtube onde conta uma situação em que a Guarda Nacional Republicana (GNR) e os Bombeiros acorreram à sua casa, na Herdade da Aroeira, devido a uma chamada falsa feita por um "engraçadinho", alegadamente já identificado pelo youtuber.

"Ontem, estava eu descansado a fazer a minha live [um direto] na Twitch, super descansado na minha stream, entram três amigos meus pela nossa garagem dentro e dizem-me que está imensa polícia à porta de nossa casa". É desta forma que o youtuber Windoh começa por explicar o sucedido.

"Vários polícias, armados, todos. Não sabia o que se passava e claro que, como esta casa está em meu nome, tive que ir à porta - abandonei a minha live - para ver o que se passava", adiantou o streamer, acrescentando, em imagens que pretendem ser um esclarecimento do próprio quanto ao sucedido, que "alguém fez uma queixa de que havia tiroteios na nossa casa, vidros a partir, berros - e nós descansados". 

No mesmo vídeo, Windoh mostra os momentos em que foi falar com militares da Guarda Nacional Republicana, vincando aos seus seguidores que tudo estava tranquilo e que terá sido um "engraçadinho" a lançar o pânico. "Estou a falar com os polícias, a pedir imensa desculpa, que deve ter sido um engano", quando chegam "dois carros dos Bombeiros", cerca das "três e tal da manhã". 

"Entram pela casa dentro a perguntar: 'onde é o incêndio?' E eu: 'Não há nenhum incêndio. Portanto, disseram que havia tiroteios, vidros a partir, um incêndio na nossa casa", revelou. 

Entretanto, "já descobrimos quem foi o gajo que fez a chamada, fez-se passar por uma pessoa que vive aqui dentro do condomínio", concretizou Windoh no mesmo vídeo, afirmando que se trata de um "rapaz de 18 anos". 

E deixou ainda uma mensagem a quem poderia pensar em fazer algo semelhante: "Se não têm respeito por nós nem pelo nosso trabalho nem pelo nosso descanso, tenham pelo menos respeito pelas pessoas que estão a trabalhar. Às 3 horas da manhã, chatear vinte e tal pessoas para virem a uma ocorrência destas... Podia estar alguém a passar mal, podia ter havido algum acidente de carro e eles, em vez de estarem a ir a essas pessoas, deslocaram os meios para vir para aqui". 

Contactada pelo Notícias ao Minuto, a GNR informou que ainda estão a ser "recolhidas informações" sobre o caso em questão, remetendo qualquer esclarecimento para mais tarde. 

Leia Também: Trio é apanhado pela GNR com carro roubado. Condutor não tinha carta

Recomendados para si

;
Campo obrigatório